quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Couves de Bruxelas salteadas

Couves de bruxelas... um acompanhamento diferente!

Bem, comecemos pelo princípio. Couves de Bruxelas não são um legume apreciado lá em casa. Já me tenho esforçado, é certo… eu até as como, mas os restantes, não há meio, isto se falarmos de couves cozidas. Seja como for, no outro dia encontrei num supermercado perto de mim umas couves de Bruxelas lindas, em promoção, e mais uma vez decidi arriscar… só que desta vez foram cozinhadas de forma diferente. Muito diferente! E ficaram bem melhores do que simplesmente cozidas!!! Fica um excelente acompanhamento para uma carne assada ou estufada, ou até mesmo para um peixe grelhado. Aqui fica a sugestão:

250g de couves de Bruxelas
1 cenoura grande ou 2 médias
5 figos secos
1 colher de sopa de amêndoas picadas
2 colheres de sopa de mel
Sal & Vida
1 colher de chá de vinagre balsâmico
3 colheres de sopa de azeite

Couves de bruxelas... um acompanhamento diferente!

Levar um tacho ao lume com água. Quando começar a ferver, juntar as couves de Bruxelas cortadas ao meio e as cenouras em rodelas grossas. Deixar levantar novamente fervura, e, assim que isso acontecer, retirar do lume e escorrer com um passador.

Levar uma frigideira ao lume com o azeite. Quando estiver quente, juntar as couves de Bruxelas e as cenouras e deixar saltear. Temperar com 4 ou 5 pulverizações de Sal & Vida e o vinagre balsâmico. De seguida, juntar o mel e os figos secos cortados em quartos e envolver muito bem de forma a todos os legumes ficarem envolvidos para poderem caramelizar melhor. Por fim, e quando estiverem já douradinhos, salpicar com as amêndoas, envolver e retirar do lume. Servir como acompanhamento.

Bom apetite!

Couves de bruxelas... um acompanhamento diferente!

12 comentários:

  1. Gostei da conjugação de sabores!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Já experimentei couves de bruxelas 2 ou 3 vezes, cozinhadas de formas diferentes. Confesso que não aprecio muito, e por isso experimentei de formas diferentes...nenhuma delas me convenceu!
    Quando me for possível, vou experimentar esta receita, pode ser que seja desta!
    Obrigada pela partilha!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei... o sabor continua sempre lá, mas ligeiramente disfarçado! ;)

      Eliminar
  3. Aqui esta uma bela sugestão para testar quem nao aprecia as couves bruxelas como eu.

    Bjs,

    Susana
    http://aspapinhasdosbabinhos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Desde criança que sou doida por couves de bruxelas.
    Os miudos queriam gomas, eu queria couves de bruxelas.
    Vou experimentar esta receita.

    http://aaventuraculinaria.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Adoro couves de Bruxelas e estas têm um aspecto divino e delicioso!
    Beijinhos,
    Lia.

    ResponderEliminar
  6. Confesso que não sou apreciadora de couves de Bruxelas, mas olha que essas que mostras estão mesmo apetitosas!

    ResponderEliminar
  7. Adoro couves de bruxelas. Acho que é mesmo daquelas coisas, que ou se adora ou se detesta. Figos não tenho, mas vou experimentar a receita na mesma! ( vê a receita de pão de maçã e nozes no meu blog, é uma delicia!! Pelo que "conheço" de ti, vais gostar)
    Bjinho e obrigada pela partilha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, concordo... ou se ama ou odeia! E já lá vou espreitar! ;) Obrigada!

      Eliminar
  8. Que belo aspeto!
    Cá em casa todos gostamos. E a Inês adora as couves-bebés ;)

    ResponderEliminar
  9. Adoro couves de bruxelas, pena que cá em casa sou o único a apreciar. Estas aparentam estar bem deliciosas. Gostei da sugestão. ;)
    Beijinho.

    ResponderEliminar

Post Ads (Documentation Required)

Author Info (Documentation Required)