segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Cacete de mandioca (sem gluten)



Mais uma semana que começa gelada mas com a promessa de dias bonitos. O fim-de-semana voou invariavelmente, não sei para onde! A receita que vos trago hoje já a tinha feito na semana anterior. É um pão que não é pão, mas está longe de ser bolo. Nem sempre é fácil, mas os esforços lá em casa vão sempre no sentido de proporcionar uma alimentação mais saudável. Não sou pessoa de fazer cortes radicais com nada e gosto de comer de forma variada e equilibrada. E principalmente gosto de experimentar coisas novas, novos sabores e consistências. Às vezes essa é a parte mais difícil lá em casa. Principalmente as miúdas nem todos os dias estão dispostas a novos sabores, mas desta vez resultou muito bem. Principalmente a mais nova adorou este pão, e enquanto durou, foi sempre a sua primeira opção de lanche e pequeno-almoço. Para mim pão será sempre pão e não vale a pena inventar. Gostei imenso deste e repetirei, mas não o posso chamar de pão. Agora se serve para substituir o pão ao pequeno-almoço? Claro que sim! A farinha de mandioca é muito fácil de encontrar e geralmente há em todos os supermercados, mesmo os mais pequenos. Experimentem!



Receita adaptada daqui

4 ovos
1/4 de chávena de azeite extra-virgem
3 colheres de sopa de mel
1 colher de chá de vinagre de sidra
2 chávenas de farinha de mandioca
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1/2 colher de chá de sal
Sementes variadas para polvilhar

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Colocar um tapete antiaderente no tabuleiro do forno, polvilhar com farinha de mandioca e reservar.

Na taça de uma batedeira colocar todos os ingredientes líquidos e bater. Adicionar os restantes ingredientes secos e bater até a massa se soltar das paredes do copo.

Colocar a massa sobre a superfície polvilhada e dar-lhe a forma de um cacete. Com uma faca fazer alguns golpes longitudinais e polvilhar com sementes a gosto. Levar ao forno cerca de 25-30 minutos. Quando estiver dourado e com a superfície bem consistente está pronto.

Bom apetite!

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Bolinhas de bolacha com cacau



Fim-de-semana novamente à porta e já algumas coisas combinadas e outros tantos planos na cabeça. Os planos normalmente não passam muito disso, porque acabam por se evaporar no meio dos outros afazeres, mas a pouco e pouco vão saindo cá para fora. Queria mesmo muito destralhar algumas partes da casa, mas acho que vou deixar esses projectos para quando as miúdas começarem os testes e a obrigação de ficar trancada em casa for mesmo imperativa. Para já andar por fora, aproveitar algumas horas de sol e companhia de família e amigos. Precisávamos de um feriado todas as semanas e mesmo assim ainda nos faltaria tempo. Mas sem queixumes, que isso não são seguramente problemas! Hoje deixo-vos uma sugestão docinha que se faz muito facilmente (podem pôr os miúdos a trabalhar!). Espero que gostem!



Rende 30 unidades

1 e ½ pacotes de bolacha Maria
100g de açúcar
1 colher de sopa de creme de chocolate e avelãs (nutella)
90g de margarina vegetal amolecida
50g de chocolate em pó
1 ovo médio
Açúcar para envolver

Na Bimby ou noutro robot de cozinha:

Colocar as bolachas partidas em pedaços no copo e reduzir a farinha uns segundos na velocidade 9. Adicionar os restantes ingredientes, com exceção do ovo, e envolver 10 seg. na vel. 3. Adicionar o ovo e programar 40 seg. vel.4.

Tradicional:

Colocar as bolachas partidas em pedaços num saco de plástico resistente e reduzir a migalhas com a ajuda do rolo da massa. Colocar as migalhas de bolacha num recipiente e adicionar os restantes ingredientes, com exceção do ovo, batendo bem com a ajuda de uma colher ou batedeira. Por fim juntar o ovo previamente batido e envolver muito bem até a massa estar homogénea e moldável.

Fazer pequenas bolas com as mãos, passar por açúcar granulado e colocar em forminhas.

Bom apetite!

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Bacalhau com legumes e batatas no forno



Lá em casa todos gostamos de bacalhau. Eu pessoalmente podia comer bacalhau todos os dias, que acho não chegava a enjoar. Sempre que me perguntam o meu prato preferido a minha resposta é sempre, qualquer um que leve bacalhau. É daquelas coisas… por isso mesmo, e apesar de não fazer tantas vezes como gostaria, vou variando as receitas de bacalhau. No forno, no tacho, na grelha, na frigideira… tudo resulta com este amigo da gastronomia portuguesa. Desta vez saiu um bacalhau com batatas e alguns legumes. Deixo-vos a sugestão:



3 postas médias de bacalhau
5 batatas médias
2 cebolas
6 dentes de alho
¼ de couve lombarda
½ pimento vermelho
1 tomate maduro
1 dose de molho bechamel da Bimby ou 1 embalagem de 200ml

Descascar as batatas e cortar em rodelas. Reservar num recipiente com água.

Levar um tacho com água ao lume e deixar ferver. Colocar o bacalhau no tacho e deixar por 4 ou 5 minutos. Retirar as postas do bacalhau e adicionar no mesmo tacho as rodelas de batatas, acrescentando um pouco de sal. Depois de cozidas, escorrer e reservar. Enquanto as batatas cozem, limpar o bacalhau de peles e espinhas e desfiar em pedaços.

Levar uma frigideira larga ao lume com um fio de azeite. Quando estiver quente, juntar os dentes de alho picados e as cebolas em fatias finas. Deixar alourar e adicionar a couve partida em juliana, o pimento e o tomate em pedaços pequenos. Quando estiver a ferve adicionar o bacalhau desfiado e envolver, deixando cozinhar por mais 2 ou 3 minutos.

Quem faz o bechamel na Bimby, deve colocar a fazê-lo quando se começa a cozinhar os legumes.

Colocar a mistura de bacalhau num tabuleiro de ir ao forno e por cima distribuir as rodelas de batatas. Cobrir as batatas com o molho bechamel e colocar o tabuleiro no forno na opção grill apenas para gratinar. Quando estiver douradinho, está pronto.

Bom apetite!

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Bolo de limão com maçã



Começo a semana da mesma forma que a terminei. Com um bolo como sugestão. Espero desta vez não me ter enganado a escrever a receita como aconteceu num bolo de canela que publiquei há umas semanas atrás e que depois me vieram chamar a atenção. Só testando a receita é que consigo perceber o que faltou, uma vez que na sua grande maioria faço os bolos a olho…! Já está emendada, por isso até ver, podem levar todos os bolos que por aqui andam! Espero que gostem deste também. Muito simples, muito fofo, muito fresco… experimentem!



3 ovos
180g de açúcar
125g de margarina vegetal amolecida
Raspa e sumo de 1 limão
1 iogurte natural
160g de farinha
1 colher de chá de fermento em pó
2 maçãs
Mel e canela q.b.

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar um tabuleiro pequeno (pode ser em forma redonda de 24 cm) com margarina e forrar com papel vegetal, untando novamente. Reservar.

Descascar e descaroçar as maçãs e partir em fatias finas. Reservar.
Começar por bater os ovos com o açúcar até obter um creme liso. Adicionar a margarina amolecida, o sumo e a raspa de limão e o iogurte natural, batendo novamente. Por fim adicionar a farinha e o fermento batendo em velocidade baixa, apenas para integrar. Colocar a massa na forma e por cima distribuir as fatias finas de mçã. Levar ao forno cerca de 30 minutos ou até estar cozido.

Retirar do forno e com o bolo ainda quente pincelar toda a superfície com mel e polvilhar de canela. Partir em cubos e servir.

Bom apetite!

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Bolo de laranja com um pacotinho de pudim flan



Hoje o dia está feio. Cheio de nevoeiro e cinzento. Começou mal logo pela manhã com perturbações no metro de Lisboa. O frio e a humidade deixam-me sempre um bocadinho angustiada. Por mais que tente (e esforço-me!) por encontrar alguma beleza nestes dias, não sou muito bem-sucedida. Lá atravesso o jardim e olho as árvores despidas contra um céu cinzento e até lhes acho alguma graça, os patos felizes no meio do nevoeiro… mas pronto, já chega! O sol faz-me tanta falta! E parece que vem aí frio mais a sério… lá vai o meu nariz continuar congelado, os dedos brancos e secos do frio, os pés gélidos… lá teremos que ir aguentando! Haja esperança que a Primavera chegue cedo! E para adoçar as ideias, apesar dos excessos cometidos nesta altura do ano pela maioria das pessoas, uma fatia de bolo ao lanche ou ao pequeno-almoço do fim-de-semana vai sempre sabendo bem. Por isso, aí fica…



4 ovos
200g de açúcar
Raspa e sumo de 1 laranja
1 pacote de pudim Flan
2/3 de chávena de chá de óleo vegetal
2 colheres de sopa de caramelo líquido
220g de farinha
1 colher de chá de fermento em pó

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar uma forma de buraco (24cm) com margarina e polvilhar de farinha. Reservar.

Com exceção da farinha e do fermento colocar todos os ingredientes numa taça ou robot de cozinha e bater cerca de 1 ou 2 minutos a uma velocidade média. Quando tivermos um creme liso, juntar a farinha e o fermento e envolver até a massa estar homogénea. Colocar a massa na forma e levar ao forno cerca de 35 minutos ou até o bolo estar cozido.

Bom apetite!

Post Ads (Documentation Required)

Author Info (Documentation Required)