sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Polvo à lagareiro

A Inês Barbosa é estudante de Jornalismo na Universidade do Porto. Um dos seus trabalhos de final de curso vai incidir sobre o impacto que novas plataformas de comunicação - como é o caso dos blogs - têm no dia-a-dia de quem os lê. Sendo assim, a Inês pediu a colaboração do blog “As receitas lá de casa” para ajudar a concretizar uma série de questionários, que servirão de amostra e estudo para o seu trabalho. O questionário não demora mais de um minuto a ser preenchido, por isso, se fizerem o favor, não custa nada ajudar! É totalmente anónimo… Agradeço desde já em nome do blog e da Inês!

Aqui fica o link para o questionário

Polvo à Lagareiro

Agora o polvo... Apesar de ser uma coisa que adoramos, é muito raro fazermos lá em casa. Em primeiro porque o polvo não é um alimento propriamente barato. Em segundo lugar, porque rende francamente pouco. Estes dois polvos tinham cerca de 1 kg cada um. Seja como for, fica delicioso e vale a pena de vez em quando fazer o “sacrifício”. Aqui deixo a sugestão:

2 polvos com cerca de 1kg
Batatas q.b.
15 dentes de alho
Salsa a gosto
Sal q.b.
Azeite q.b.
1 folha de louro
1 colher de sobremesa de sumo de limão

Começar por cozer os polvos. No meu caso tive que cozer um de cada vez, porque não me couberam os dois em simultâneo na panela de pressão. Para cozer o polvo o ideal é ele estar congelado. De resto, basta passá-lo apenas por água, para quebrar aquele gelo mais forte, coloca-lo diretamente na panela de pressão, juntar uma chávena de chá de água, e fechar a panela. Não é preciso juntar mais nada. Nem sal, nem cebola. Levar a panela ao lume e depois de começar a ferver, deixar estar por 10 minutos. Desligar e retirar a pressão. Retirar o polvo e escorre-lo bem.

Enquanto isso, colocar um tacho com água bem temperada de sal ao lume, e depois de estar a ferver, juntar as batatas (de preferência pequenas) com casca, muito bem lavadas. Quando estiverem quase cozidas, retirar do lume e escorrer. Pegar em cada batata e dar-lhe um “murro”. Costumo com a batata pousada numa tábua, dar-lhe uma pancada com uma colher de pau, sem muita força, apenas a suficiente para a rachar.

Entretanto pôr o forno a aquecer entre os 200 e os 220ºC. Colocar os polvos no tabuleiro de ir ao forno, juntamente com as batatas.

Num outro tacho mais pequeno colocar azeite, generosamente e juntar 10 cabeças de alho esmagadas e as restantes picadas. Juntar uns pezinhos de salsa picada, a folha de louro e um pouco de sumo de limão. Levar ao lume e assim que começar a ferver regar o polvo e as batatas com este molho. Levar ao forno bem quente e deixar alourar muito bem. Servir de imediato.

Bom apetite!

Polvo à Lagareiro

7 comentários:

  1. Adoro polvo à lagareiro e este teu, até me deixou a salivar!!
    Já respondi ao questionário...
    Beijinhos e bom fim de semana,
    Lia.

    ResponderEliminar
  2. Podes mandar para cá duas doses sff.
    O T. e a M. vão agradecer--te ;)

    ResponderEliminar
  3. Ora, aqui está um dos pratos favoritos do meu filho... e meu! Ficou com um aspeto delicioso!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Adoro este pratinho e já respondi ao questionário.
    Bjs, Susana
    Nota: Ver os passatempos a decorrer no meu blog:
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/11/1-aniversario.html
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/12/strudle-de-bacalhau-e-couve-com-chourico.html

    ResponderEliminar
  5. Una receta realmente novedosa para mí y con una presentación espectacular! Además, me la imagino muy sabrosa... La apunto!
    Besos y feliz finde!

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...