segunda-feira, 5 de maio de 2014

Tarte de coco com uma calda especial

Tarte de coco... com uma calda especial ;)

Há uma coisa em mim que me irrita solenemente. Tenho dezenas de livros, centenas de revistas, um arquivo digital super, híper, mega organizado de receitas que quero experimentar… e quando chega a altura de precisar de fazer alguma coisa NUNCA sei o que fazer. NUNCA! Acho que o meu problema é mesmo excesso de informação! Ou penso nas coisas com a antecedência necessária e consigo-me organizar completamente, ou quando vou deixando andar, chego à cozinha e fico em stress sem saber o que quero fazer. Normalmente ainda vou dando uma vista de olhos, mas nada me parece o apropriado (como é possível????????) ou não tenho um ingrediente, ou sinto-me tremendamente cansada e quero é fazer e despachar e pronto! Muitas das vezes acabo por improvisar ou adaptar receitas previamente experimentadas (ou não!)…

Foi o caso desta tarte de coco que foi feita para o almoço do feriado do dia 1 de Maio. Uma tarte simples, improvisada, mas que levou um toque especial final, uma calda a puxar a caipirinha! Como não sabia se o resultado iria ser uma tarte seca ou não, optei por fazer a calda (eu sei, não é muito normal em tartes, mas aconteceu!). E ficou boa! Muito boa! Sem saber em excesso a cachaça, acertei no ponto para uma tarte nada enjoativa… aqui vos deixo a sugestão:

Tarte de coco... com uma calda especial ;)

1 base de tarte de massa folhada de compra

Para o recheio
4 ovos
1 lata de leite condensado
200g de crème fraîche (pode ser substituído pela mesma quantidade de natas ou iogurte)
100g de coco ralado
Sumo e raspa de ½ lima

Para a calda
4 colheres de sopa de cachaça
3 colheres de sopa de açúcar amarelo
Sumo e raspa de ½ lima

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Colocar a massa na tarteira com o papel vegetal de compra e furar o fundo com as pontas de um garfo.

Numa taça colocar os ovos e bater bem. Juntar todos os restantes ingredientes do recheio e bater até estar homogéneo. Colocar o recheio sobre a massa folhada e levar ao forno até estar douradinha (cerca de 30-35 minutos).

Quando a tarte entrar para o forno preparar a calda (para deixar o açúcar a dissolver bem). Juntar todos os ingredientes e mexer. Deixar a repousar.

Retirar a tarte do forno, deixar arrefecer um pouco e pincelar generosamente com a calda preparada. Está pronta!

Bom apetite!

Tarte de coco... com uma calda especial ;)

17 comentários:

  1. Olá!
    Como eu me revejo nas primeiras frases! Até me ri...
    Mas fora isso esta tarte tem muito bom aspeto. Adoro coco.
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Uma tarte com tudo para me agradar.
    O aspecto esta de dar água na boca.
    Essa fatia era muito bem vinda
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Bem.... acho que esse "mal" é comum a muita gente, eheheh
    Mas ficou 5 estrelas a tarte.
    bjinhos

    ResponderEliminar
  4. E fizeste tu mto bem :)
    Está mesmo super apetitosa!!!

    ResponderEliminar
  5. Maria João, que ideia deliciosa! Calda de caipirinha numa tarte de coco parece-me uma daquelas coisas escritas nas estrelas. ehehe Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) Também me pareceu! Lá por casa gostamos muito do resultado final!

      Eliminar
  6. Que tarte com tão bom aspecto!
    Adoro coco!

    Toda a gente acho que é assim, as opções são tantas, que ficamos "perdidas" :)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  7. Que linda ficou essa tarte, eu adoro coco!

    ResponderEliminar
  8. Sofro do mesmo mal eheh :)
    Que excelente aspecto!!

    ResponderEliminar
  9. Eu concordo com "o excesso de informação"!! Eu sou tal e qual! Eu organizo-me e reorganizo-me e quando chega a hora H ...parece que bloqueio...e muitas vezes acabo por fazer o trivial. o rotineiro, o que eu sei que sai sempre bem!
    Adoro coco!É algo que temos em comum.
    Bjs e boa semana!
    Ana Isabel

    ResponderEliminar
  10. A mim acontece o mesmo Ma João e sim, é super irritante mesmo!
    Bem, esta tarte tem tudo de bom e estou aqui a salivar, pois adoro côco (e sei que não leva acento, mas não consigo escrever a palavra sem o dito...) de paixão!!
    Beijinhos grandes,
    Lia

    ResponderEliminar
  11. hehehe... sou tal e qual!!! :P
    Adorei o toque da calda nessa tarte!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  12. É mesmo um mal geral e eu até me considero super organizada, de tal forma que me acontece isso moesmo na hora H, fico perdida :-)
    A tarte está supimpa!! A calda foi uma ideia brilhante, aposto que também fica boa em outros bolos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) :) Tal qual como eu!
      E sim, a calda deve ficar óptima em bolos!!! ;)

      Eliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...