segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Bolo de iogurte com natas e pêssego

Bolo de iogurte com natas e pêssego

O fim-de-semana já passou novamente. Cheio, como sempre. A segunda-feira vem sempre atarefada com rotinas, ainda não muito bem enraizadas, neste novo princípio de ano. Sacos, lanches, sapatilhas, mochilas, tpc’s, merendas, almoços, recados, lista da farmácia, lista do supermercado, o jantar que ficou por tirar, o trabalho monótono e em pilha sobre a secretária, a imensidão de coisas para fazer no regresso a casa, não esquecer nada e não deixar nada para trás… e no meio de tudo isto os afetos, tão rápidos e tão passageiros, com ralhetes pelo meio e mais tarefas e obrigações. E é assim o dia-a-dia… rápido, fugidio. Um dia, quando for grande, quero ter tempo. Tempo para tudo e para nada. Apenas tempo. Mas nessa altura, quando o tempo chegar, posso já não ter tempo de ter tempo… Por isso, e quando estou no meio destas lamechices, só penso que tenho que desesperadamente absorver cada segundo deste tempo que me é permitido ter agora. Seja ele qual for, seja ele como for.

E como o meu tempo anda tão trocado como o tempo que está lá fora, trago hoje um bolinho que já fiz o fim-de-semana passado. Muito simples. Um bolo de iogurte apenas com uma cobertura mais simpática e gulosa. Aqui deixo a sugestão:

250g de açúcar
5 ovos
110g de óleo vegetal
1 iogurte natural
½ copo (do de iogurte) da calda do pêssego
170g de farinha
1 colher de chá de fermento

1 lata de pêssego em calda

1 pacote de natas de soja para bater Alpro
4 colheres de sopa de açúcar em pó

Bolo de iogurte com natas e pêssego

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar uma forma (usei uma forma que já tem décadas. Daquelas que ao virar o bolo ficam com uma cavidade fantástica para colocar recheios e coberturas) com margarina e polvilhar de farinha. Reservar.

Começar por bater os ovos com o açúcar até obter um creme esbranquiçado. Juntar o óleo e a calda de pêssego e bater novamente. Por fim juntar a farinha e o fermento e bater apenas até estar envolvido. Colocar a massa na forma e levar ao forno. Deixar cozer cerca de 35 minutos. Verificar a cozedura, retirar do forno, desenformar e colocar sobre uma rede para arrefecer.

Quando o bolo estiver completamente frio, cortar as metades dos pêssegos (reservar duas para decorar) em cubos e colocar na cavidade que a forma criou. Regar com 4 ou 5 colheres de sopa da calda. Caso usem uma forma normal, podem abrir o bolo ao meio no sentido horizontal e colocar o recheio aí.

Bater as natas, que devem estar bem frias, juntamente com o açúcar em pó, que deve ser acrescentado pouco a pouco, à medida que as natas vão ficando montadas. Quando estiverem prontas colocar em colheradas sobre o pêssego (ou na parte de cima do bolo). Por cima colocar as duas metades de pêssego reservadas e cortadas em fatias finas. Conservar no frio até à hora de servir.

Bom apetite!

Bolo de iogurte com natas e pêssego

7 comentários:

  1. Adoro estes bolos com fruta e natas, frescos são uma delícia! Ficou mesmo lindo este!

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  2. O bolinho ficou fantástico :P
    Eu adoro bolos com fruta e esse teu está de dar água na boca :D
    Bjs e boa semana

    ResponderEliminar
  3. O importante é que se aproveite ao máximo cada minuto :)
    O teu bolo está lindo, mesmo apetitoso, parece um raio de sol neste dia cinzento!

    ResponderEliminar
  4. Ficou tão lindo , gostei muito da cor e da fruta escolhida
    Boa semana
    bjs

    ResponderEliminar
  5. Verdade...temos que aproveitar o tempo que temos, se não o fizermos ninguém o fará por nós nem ele volta atrás!

    Bolo de iogurte é um dos meus preferidos e com esta cobertura tão gulosa mas fresca, fica mesmo difícil de resistir! :)

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...