sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Bolo de claras com limão e baunilha... e uma semana de coração cheio!





Da minha perspectiva esta semana passou depressa. Foi uma semana cheia. Algumas coisas fora da rotina e milhares de testes e trabalhos das miúdas. Na 4.ª feira ainda houve a celebração do dia do patrono na escola delas, com entrega de diplomas de mérito académico e desportivo, e actuações de alguns alunos dos departamentos de línguas e a tão famosa Orquestra Geração. Foi uma coisa em modo pequeno que a escola tem muito poucas condições físicas, mas encheu-me o coração. Ainda tantos falam mal da escola pública. Fazem-se coisas mesmo gigantes na escola pública! Quem esteve presente emocionou-se com certeza com os testemunhos de igualdade entre os jovens estudantes. É uma escola multi-cultural, com miúdos um bocadinho de todo o mundo. Falaram-se de diferenças sociais, culturais, ideológicas, religiosas e sexuais. Os próprios miúdos se emocionaram e são estes momentos que também os fazem crescer. O trabalharem sobre essas temáticas e transmitirem-nas qual gente crescida, dando uma lição de sabedoria e humildade a todos nós. Também os miúdos da Orquestra. Tantos que tenho visto crescer. Tantos que lhes sei as histórias de vida menos fácil. Tantos que em tão poucos anos já tiveram mais problemas do que tantos adultos. E ali estão eles com horas (anos!) de vida dedicada à música! Parabéns miúdos! E no fim a minha filha mais velha com duas amigas a cantar o “Je vole” do filme “La Famille Bélier”. Ponham-se bem na letra e depois digam-me se não ficariam também esmagadas (vá, isto é mais para as mães galinhas como eu!)… e cantaram tãaaaaaaaao bem! Obrigada a todos os professores e director de agrupamento por este fim de dia tão especial! São vocês que podem fazer a diferença!



E agora fiquem lá com um bolinho para o fim-de-semana…

7 claras de ovo
180g de açúcar
100g de margarina vegetal amolecida
Sumo e raspa de 1 limão pequeno
1 colher de sobremesa de essência de baunilha (uso caseira, de compra usem com cuidado que tem um sabor muito mais intenso)
210g de farinha
1 colher de sobremesa de fermento em pó

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar uma forma de buraco com margarina e polvilhar de farinha. Reservar.

Começar por bater muito bem as claras em castelo firme com uma pitada de sal fino. Reservar. Noutra taça bater o açúcar com a margarina vegetal amolecida, o sumo e a raspa de limão e a essência de baunilha. Quando estiver em creme juntar alternadamente a farinha misturada com o fermento e as claras em castelo. Envolver entre cada adição com a ajuda de uma colher ou vara de arames, mas sem bater.

Colocar a massa no forno e levar ao forno cerca de 35 minutos ou até o bolo estar cozido. Retirar, deixar repousar uns minutos e desenformar. Depois de frio polvilhar com açúcar em pó a gosto.

Bom apetite!

4 comentários:

  1. Ficou com uma textura deliciosa!!! :D
    http://miascuisinemf.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Num post juntaste 3 das coisas que mais me apaixonam na vida: a música, a língua gestual e a culinária.
    Fui aluna da EMCN e é com muito orgulho que o digo. Uma escola que promove a igualdade, que faz das tripas coração para ter meios para sobreviver e que forma excelentes músicos há décadas infinitas.
    Agora sou aluna de Língua Gestual Portuguesa e a música do filme "A família Belier" é maravilhosa.
    Em relação ao bolo eu gosto muito da junção limão/baunilha, deve ser óptimo! Ficou com um aspecto delicioso!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Parece ter sido um dia cheio de emoções, realmente as escolas públicas esforçam-se muito no sentido de proporcionar igualdade entre alunos e momentos especiais como esse :)
    O bolo ficou mesmo fofo, adoro bolos com claras :D

    ResponderEliminar
  4. Tenho limões e claras com fartura, por isso andava à procura de uma receita que desse para gastar os dois. Esta parece-me perfeita e vou experimentar ainda hoje. Depois digo como ficou!

    ResponderEliminar

Post Ads (Documentation Required)

Author Info (Documentation Required)