quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Amigo blogger secreto - Beijinhos de noz

Beijinhos de noz

O blog Da nossa cozinha lançou um desafio de troca de receitas entre blogs. A ideia é muito gira, porque nos leva a conhecer as outras cozinhas ainda melhor e dá-nos a conhecer algumas cozinhas que nos eram desconhecidas. A mim calhou-me uma cozinha pela qual tenho muito carinho e admiração. A cozinha da Mariana. A Mariana é uma pessoa fantástica, sempre pronta a ajudar, a partilhar e a promover outras cozinhas que não a sua. Mãe de uma família linda, e uma mulher de armas, a Mariana dá-nos a toda a hora receitas simples e deliciosas que servem de conforto para alma. É de tal forma que o nome do seu blog diz tudo: “Receitas para a felicidade”!


Confesso que fiquei sem saber muito bem o que havia de fazer para participar neste desafio. Queria alguma coisa que de alguma forma simbolizasse aquilo que a Mariana me transmite. Uma simplicidade determinada. Sendo assim optei por uma receita simples, mas com um sabor determinado. Uns beijinhos ou brigadeiros de noz. São fantásticos! Espero que gostes Mariana. Um grande beijinho para ti!

E também um beijinho e um obrigada muito especial à Ana do blog Da nossa cozinha pela iniciativa e o trabalho que todos nós sabemos que estes desafios envolvem!

Beijinhos de noz

Aqui fica a receita:

120g de nozes moídas
1 lata de leite condensado
30g margarina vegetal
1 colher de café de canela em pó

Para decorar
3 colheres de sopa de açúcar
1 colher de chá de canela em pó
Nozes picadas

Na Bimby

Colocar todos os ingredientes no copo, com exceção dos ingredientes para decorar, e programar 12 min., temp. varoma, vel. 3, retirando o copo da tampa nos últimos 2 minutos.

Tradicional
Colocar todos os ingredientes num tacho pequeno, com exceção dos ingredientes para decorar, e levar a lume brando. Mexer com a ajuda de uma colher até o creme começar a engrossar e deixar uma estrada no fundo do tacho.

Retirar a massa do copo da Bimby ou do tachinho e colocar num prato untado de óleo vegetal. Deixar arrefecer por completo (usei o frigorífico para acelerar o processo).

Numa tacinha colocar as colheres de açúcar e canela. Fazer pequenas bolinhas com as mãos e passar pelo açúcar e a canela. Colocar em forminhas de papel e no topo colocar um pedacinho de noz picada. Manter no frio até servir.

Bom apetite Mariana!

Beijinhos de noz

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Quindins - Bimby/Thermomix

Quindins - Bimby/Thermomix

O fim-de-semana passou novamente a correr. As obrigações do costume, as tarefas do costume, os compromissos do costume. Domingo almoço de família e sarau de ginástica das miúdas. Estão enormes. Para onde foram as minhas bebés? O tempo voou e muitas vezes penso que a vida e as preocupações me ocupam tanto que não tenho conseguido sugar todos os bons momentos que nunca voltarão. Porque no meio de cada momento de orgulho, de festa, de celebração, há sempre uma complicação, uma pedra na engrenagem, que não me deixa estar e viver inteiramente cada momento feliz com elas. Por elas. Porque a vida é mesmo assim. Não é perfeita. E mesmo os momentos perfeitos são tão poucos que às vezes nem percebemos que estiveram mesmo ali. À nossa frente. Seja como for, fica o enorme orgulho das minhas meninas, com uma prestação fantástica que mostra o esforço de todos os dias, do trabalho, da dedicação e do empenho delas e de quem as acompanha neste percurso. Poderia ficar a escrever eternamente, mas deixo-vos com a receita de hoje. Uns facilíssimos quindins, feitos inteiramente na Bimby, cujo único defeito é renderem muito pouco (apenas 6!), o que facilmente se resolve, dobrando a receita. A receita vem de Espanha do blog A falta de Lexatin… buenas son tortas!

Quindins - Bimby/Thermomix

1 ovo
3 gemas
100g de açúcar
50g de coco ralado
30g de manteiga sem sal
15g de água
Margarina e açúcar para polvilhar as formas

Colocar no copo todos os ingredientes, com exceção do coco. Programar 1 min., temp. 37, vel. 4. Juntar o coco e envolver com a espátula. Deixar repousar cerca de 30 minutos para o coco hidratar completamente.

Untar as forminhas (usei de metal) com margarina e polvilhar com açúcar. Encher as formas com a massa até cerca de 2/3 da sua capacidade. Colocar no tabuleiro da varoma e tapar com um papel de cozinha absorvente (para não cair água para a massa).

Lavar o copo da Bimby e colocar um litro de água. Programar 25 min., tem. Varome, vel. 1. Colocar a varoma sobre o copo (com a bandeja) e deixar cozer os quindins. Terminado esse tempo retirar o tabuleiro e deixar arrefecer um pouco. Desenformar com cuidado e a ajuda de uma faca (saem facilmente).

Para mim a única desvantagem deste processo é que fica a faltar aquele douradinho nas bordas, próprio dos quindins que são feitos no forno. Mas em termos de sabor ficam idênticos e deliciosos. Experimentem!

Bom apetite!

Quindins - Bimby/Thermomix

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Bolo de marmelo com canela e erva-doce

Bolo de marmelo com canela e erva-doce

Há tempos tinha comprado uns quantos marmelos para fazer a marmelada da época. Lá saíram umas belas tacinhas, mas sobrou um pobre e desgarrado marmelo que se foi arrastando de fruteira em fruteira e depois para o frigorífico quando começou a ganhar umas manchinhas pretas. No último fim-de-semana, enquanto pensava no bolo que iria sair no sábado à tarde, abri a porta do frigorífico e lá me sorriu o marmelo a pedir desesperadamente para ser gasto… e assim nasceu um delicioso e fofinho bolo de marmelo com canela e erva-doce. Deixo-vos a sugestão:

1 marmelo
4 ovos
220g de açúcar amarelo
1 dl de azeite
300g de farinha
1 colher de chá de fermento em pó
1 colher de sobremesa de canela
1 colher de chá de erva-doce

Bolo de marmelo com canela e erva-doce

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar uma forma de buraco com margarina e polvilhar de farinha. Reservar.

Começar por descascar e descaroçar o marmelo, picando-o de seguida em pedaços muito pequenos (lá em casa tem que ser reduzido a puré e usei a Bimby para ajudar). Reservar.

Bater os ovos com o açúcar e quando estiver um creme liso acrescentar o azeite e a polpa de marmelo. Bater novamente. Por fim juntar a farinha, o fermento, a canela e a erva-doce. Bater até estar tudo integrado.

Colocar a massa na forma reservada e levar ao forno quente cerca de 35-40 minutos. Verificar a cozedura, retirar do forno e desenformar.

Bom apetite!

Bolo de marmelo com canela e erva-doce

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Perca do Nilo assada no forno

Perca do Nilo assada no forno

Comer peixe é sempre uma excelente opção. Lá por casa a mais nova torce sempre um bocadinho o nariz, mas depois de estar no prato, acaba sempre por comer muito bem, e por vezes repetir. A mais velha nunca foi esquisita. Desde sempre adorou as comidas “de adulto” e é bem capaz de preferir um bom prato de caldeirada de bacalhau do que uma fatia de pizza. Felizmente gosta de tudo… ou quase tudo! E é sempre uma satisfação vê-la aberta a novas experiências e novos sabores. Mas bem, no fim-de-semana passado houve peixe para o almoço. Quatro postas de perca do Nilo no forno, bem simples, como nós gostamos. Aqui vos deixo a sugestão:

4 postas de perca do Nilo
3 tomates médios e maduros
½ pimento vermelho
1 cebola média/grande
5 dentes de alho
Pés de salsa a gosto
Sal, sumo de limão e azeite q.b.

Ligar o forno a 180.ºC. Espalhar no fundo de um tabuleiro a cebola cortada em fatias finas, o tomate partido em pedaços, o pimento às tiras, a salsa picada e o alho laminado. Por cima colocar as postas de peixe, de maneira que não fiquem sobrepostas. Salpicar com sal grosso, regar com sumo de limão e azeite. Levar ao forno cerca de 40 minutos. Quando o peixe estiver douradinho, está pronto. Salpicar com salsa fresca e servir. Acompanhamos com batatas salteadas em azeite e alho.

Bom apetite!

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Bolo de claras e cacau

Bolo de claras com cacau

Há umas semanas a minha irmã convidou-nos para ir lanchar a casa dela. Para desanuviar da primeira ronda de testes, para estarmos juntos e para os miúdos brincarem um bocado. E lá fomos. Para o lanche havia, entre outras coisas, um delicioso bolo de claras com cacau. Era alto e fofo. E bom! Normalmente os bolos de claras ficam pequenos, apesar de muito macios, mas este fica especialmente grande. A receita é do livro “A minha cozinha”, da Clara de Sousa (do primeiro). É fácil e fantástica para usar aquelas claras que vão ficando congeladas. Aliás os livros são muito bons e muito acessíveis. Receitas simples e de dia-a-dia. Recomendo! Fiz duas alterações nos ingredientes e alterei a ordem de preparação apenas porque me dá mais “jeito” fazer as coisas dessa maneira. Aqui fica:

125g de margarina amolecida
300g de açúcar (reduzi para 250g)
2,5 dl de leite
2 colheres de chá de cacau (coloquei 3 colheres de sopa!)
250g de farinha
120g de amido de milho (Maizena)
2 colheres de chá de fermento em pó
6 claras
1 colher de sopa de açúcar
Algumas gotas de sumo de limão

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar uma forma de buraco com margarina e polvilhar de farinha. Reservar.

Começar por bater as claras em castelo. Quando estiverem quase montadas, juntar a colher de sopa de açúcar e as gotas de sumo de limão. Depois de prontas reservar.

Bater a margarina amolecida com o açúcar. Quando estiver em creme, ir juntando o leite, batendo sempre. Juntar o cacau, a farinha, o amido de milho e o fermento em pó e envolver bem.

Por fim juntar colheradas das claras batidas em castelo e sem bater, envolver delicadamente de baixo para cima até terminarem as claras. Colocar a massa na forma reservada e levar ao forno cerca de 40-45 minutos. Verificar a cozedura com um palito, retirar, deixar repousar uns minutos e desenformar. Depois é só partir em fatias e comer.

Bom apetite!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...