sexta-feira, 4 de setembro de 2015

De volta...


Estou de volta. Depois de praticamente três semanas de ausência estou a começar a ficar pronta para o regresso. Foram duas semanas longe de toda e qualquer tecnologia. Com muito mais tempo de sobra para todos e para tudo. É bom desligar do mundo virtual. Sabe bem e faz-nos perceber que sobrevivemos muito bem sem esse vício. Mas o regresso ao trabalho e às rotinas faz-nos ligar novamente o chip e lá voltamos a ligar as máquinas todas… Este ano as férias foram especialmente boas. Calmas e tranquilas. Sem viagens é certo, nem novas descobertas, mas foram revigorantes e reconfortantes. Era o que precisávamos depois de um ano especialmente difícil que acabou agora (para quem me conhece, sabe que o meu ano termina em Agosto e começa em Setembro… faz muito mais sentido!).

Este ano que passou foi mau. Agora abre-se todo um novo mundo. As perspetivas não são altas. Não quero criar ilusões nem castelos de sonhos. Quero começar este ano com muita calma. Com alguns projetos, é certo, mas sem grandes ilusões. Quero estabelecer bem quais as minhas prioridades e tudo o resto será um bónus. Quero ver se consigo abandonar um bocadinho as minhas neuras rotineiras. Largar-me da rigidez de horários e fobias doentias de organizar a vida cá de casa com rigor militar. O que estiver feito está feito, o que não estiver é porque não precisa estar. Preciso de mais tempo para respirar. Preciso de mais tempo para absorver o crescimento das minhas filhas. Estão enormes e o tempo voa MESMO… Por isso este ano vou tentar distribuir melhor as tarefas, delegar, dividir… tem que ser! Para sermos todos mais saudáveis!

Numa altura em que somos inundados pelo terror das imagens que nos chocam, quero também tentar fazer coisas mais positivas. Conseguir de dia para dia dar mais valor ao que tenho e ao que me rodeia. É um exercício difícil. Temos a tendência de nos esquecermos depressa de muitas coisas e criar dramas onde na realidade só existem algum pó na engrenagem. No fundo quero ficar melhor. Comigo. Com todos os que me rodeiam.
Quanto ao blog, vai seguir no mesmo ritmo enquanto for possível. Três publicações por semana, sempre que o conseguir. Mas sem stress, nem obrigações, que isso tira toda a piada ao trabalho que lhe dedico.

Desejo a todos vocês que me vão lendo um ano com cheiro a pipocas e sabor a algodão doce. Tentem ser cada vez melhores pessoas… eu vou fazer o mesmo!

Até segunda…

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Bolo de coco com cobertura de queijo creme e abacaxi

Bolo de coco com cobertura de queijo creme e abacaxi

Às vezes quando vemos determinados bolos pensamos logo que nunca os iremos fazer por serem muito complexos ou levarem muitos ingredientes. Mas muitas vezes não passa mesmo de pura ilusão. Há bolos que têm mais passos, mas que de complexos nada têm. É o caso deste. O bolo em sim é francamente simples. Um bolo pequeno que aparentemente não rende muito, mas desenganem-se! Depois de coberto e com a fruta rende bastante. Serviu uma mesa cheia de gente e deu para repetir à vontade! A fruta pode ser qualquer uma que resulte em bolos. Mas como lá em casa gostamos da combinação do coco com o abacaxi, foi o que saiu desta vez. Por isso, experimentem, que seguramente não se vão arrepender!

Nota: o ideal será fazer a cobertura de véspera. Se fizerem no próprio dia, deve estar pelo menos duas horas no frio.

Para a cobertura

1 pacote de queijo-creme (qualquer marca)
280g de açúcar em pó
50g de manteiga (usei margarina vegetal) à temperatura ambiente

1 abacaxi

Começar por bater o açúcar com a manteiga. Juntar depois o queijo creme que deve estar fresco. Bater muito bem até estar com a aparência de um creme, mas firme. Guardar no frigorífico, em recipiente hermético até à hora de montar o bolo.

Bolo de coco com cobertura de queijo creme e abacaxi

Para o bolo

200g de açúcar
100g de margarina vegetal ou manteiga amolecida
6 ovos
100g de farinha
1 colher de chá de fermento em pó
100g de coco ralado

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar uma forma redonda (22 ou 24 no máximo) com margarina e polvilhar de farinha. Reservar.

Começar por bater muito bem o açúcar, a manteiga e os ovos (1 min., vel. 6). Juntar de seguida a farinha, o fermento e o coco ralado e bater novamente até estar tudo bem integrado (1 min., vel. 6, baixando com a espátula a meio do tempo). Colocar a massa na forma reservada e levar ao forno cerca de 35-40 minutos.

Verificar a cozedura, retirar do forno, desenformar e deixar arrefecer por completo sobre uma grelha.

Depois de frio cobrir por completo o bolo com o creme preparado (que deve estar frio) e pedaços de abacaxi. Manter no frigorífico até à hora de servir.

Bom apetite!

Bolo de coco com cobertura de queijo creme e abacaxi

terça-feira, 11 de agosto de 2015

Arroz com frango, brócolos e cogumelos

Arroz com frango, brócolos e cogumelos

Um dia da semana passada tinha deixado a descongelar três peitos de frango. Quando tiro peitos de frango nunca sei ao certo o que vou fazer. Vou pensando durante o dia. E se três peitos de frango têm de esticar para quatro bocas e de preferência ainda sobrar para um almoço, mais ainda esticam quando temos mais um convidado para se juntar ao jantar. Nada de grave, sempre ouvi dizer que onde comem dois, comem três, neste caso, onde comem quatro, comem cinco. E assim saiu este arroz de frango com brócolos e cogumelos. Parece uma receita complexa, mas não é. Fica pronto num ápice! Aqui fica a sugestão:

3 peitos de frango cortados em cubos ou tiras finas
2 linguiças
Arroz agulha para 6
2 chávenas de chá com raminhos de brócolos frescos
8 cogumelos frescos
2 colheres de sopa de molho de soja
4+2 dentes de alho
½ + ½ cebola pequena
Azeite, sal e pimentão-doce

Arroz com frango, brócolos e cogumelos

Levar um tacho ao lume com um fio de azeite, a ½ cebola e 2 dentes de alho bem picados. Quando a cebola começar a alourar juntar o arroz, temperar com sal e deixar alourar por 2 ou 3 minutos, mexendo para não queimar. Juntar um pouco de água quente e misturar. Juntar mais água quente até cobrir o arroz dois dedos acima da sua quantidade. Mexer quando levantar fervura e deixar cozinhar até estar cozido. Depois disso, escorrer com um passador e reservar no tacho.

Enquanto o arroz coze, levar uma frigideira ao lume com um fio de azeite, a restante cebola e dentes de alho picados e as linguiças cortadas em rodelas finas. Deixar alourar. Juntar o frango em pedaços, temperar com um pouco de sal e pimentão-doce e deixar cozinhar, envolvendo de vez em quando. Quando a carne estiver toda com cor, juntar os raminhos de brócolos e envolver. Por fim, depois de os brócolos começarem a amolecer, juntar os cogumelos bem lavados e laminados e o molho de soja. Envolver e deixar cozinhar até os cogumelos começarem a alourar.

Num recipiente largo juntar o arroz com a carne e envolver delicadamente. Pronto a servir!

Bom apetite!

Arroz com frango, brócolos e cogumelos

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Bolo de limão com coco

Bolo de limão com coco

O domingo passado foi dedicado a arrumações. Daquelas não se fazem todos os dias. Organizar gavetas e roupas. Separar coisas para dar e reciclar. No meio de tudo, a seguir ao almoço, ainda houve tempo para pôr um bolo no forno para comermos ao lanche. Um bolo simples, como era preciso, de limão e coco.

250g de açúcar
1 limão inteiro
4 ovos
100g de margarina vegetal amolecida ou à temperatura ambiente
1 iogurte com sabor a coco
50g de coco ralado
220g de farinha
1 colher de chá fermento em pó

Bolo de limão com coco

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar uma forma de buraco com margarina e polvilhar de farinha. Reservar.

Bimby/Thermomix

Colocar no copo a casca de limão e o açúcar pulverizar 10 a 15 seg. na vel. 9. Juntar o interior do limão (verificando que não tem caroços) e os ovos. Programar 1 min., temp. 37, vel. 5.

Juntar a margarina e o iogurte e bater 30 seg. na vel. 5. Por fim, juntar a farinha, o coco e o fermento e bater 10 seg., vel. 4.

Tradicional

Numa taça juntar a raspa completa e o sumo de limão, o açúcar e os ovos. Bater durante 2 ou 3 minutos. Juntar a margarina amolecida e o iogurte e bater novamente. Por fim, juntar a farinha, o coco e o fermento e bater apenas para envolver.

Colocar a massa na forma reservada e levar ao forno cerca de 30-35 minutos. Verificar a cozedura com um palito, retirar do forno e desenformar. Pronto para o lanche!

Bom apetite!

Bolo de limão com coco

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Bolo de canela e erva-doce (Bimby/Thermomix)

Bolo de canela e erva doce

Lá em casa apesar do tempo quente vai sempre saindo um bolinho aqui e ali. Desta vez foi um bolo de canela que me tinha ficado debaixo de olho, que tinha sido publicado numa Teleculinária Robot de cozinha. Eu sabia que tinha o meu frasco de canela a acabar, mas pensei que tinha outro para iniciar. Enganei-me. O que é certo é que o bolo já estava começado e foi necessário reduzir na canela e introduzir a erva-doce. Além disso, pela força do hábito, quando adicionei a farinha adicionei também fermento, que a receita original não leva. E penso que foi isso que fez que não ficasse com a textura da foto original. Por isso, vou passar a receita sem fermento, para não cometerem o mesmo erro que eu! Aqui fica:

Bolo de canela e erva doce

200g de açúcar
180g de farinha
1 colher de sobremesa de canela
1 colher de café de erva-doce
6 ovos

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar uma forma de buraco com margarina e polvilhar de farinha. Reservar.

Colocar o acessório misturador no copo. Juntar os ovos e o açúcar e programar 6 min, temp. 37, vel. 4.

Juntar a farinha, a canela e a erva-doce e misturar 15 seg., vel. 4.

Colocar a massa na forma e levar ao forno cerca de 35 minutos. Verificar a cozedura, retirar do forno e desenformar.

Bom apetite!

Bolo de canela e erva doce
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...