sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Bolo de caramelos

Bolo de caramelos

Um destes fins-de-semana tive que ficar a tomar conta da minha avó durante um dia. Ela está velhinha. E já não é a “minha avó”. Mas está ali. E dedicou toda a vida a educar e tratar dos outros. Agora é a vez dela de precisar de ser tratada. E a nossa vez de retribuir. E se houve coisa em que a minha avó nunca deixou de ser a mesma foi no apetite. A minha avó sempre gostou de comer. E sempre foi muito gulosa. Então como não podia deixar de ser lá fui acompanhada de um bolinho macio e bem docinho para ela beber com o café e depois com o seu leite. Foi um dia de histórias antigas. De histórias de pessoas que eu nunca conheci. Mas que ela gostou de partilhar. E eu de ouvir. Aqui fica:

Bolo de caramelos

85g de caramelos clássicos Werther’s Original ou similar (reservar cerca de 2 colheres de sopa)
4 ovos
180g de açúcar
100g de margarina vegetal amolecida
1 iogurte grego (125g)
180g de farinha
1 colher de chá de fermento em pó

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar um tabuleiro pequeno com margarina e polvilhar de farinha. Reservar.

Começar por reduzir os caramelos a farinha. Usei a Bimby, mas podem usar qualquer robot de cozinha ou simplesmente colocar os caramelos dentro de um saco de plástico resistente e bater-lhes com o rolo da massa… vão ver que até alivia o stress!

Juntar os ovos com o açúcar e bater até obter um creme fofo. Juntar de seguida a margarina amolecida, o iogurte e os caramelos (reservar cerca de 2 colheres de sopa). Bater novamente até estar um creme homogéneo. Por fim adicionar a farinha e o fermento e envolver, sem bater muito, até a massa não apresentar grumos.

Colocar a massa no tabuleiro reservado e salpicar a superfície com os caramelos desfeitos reservados. Levar ao forno cerca de 30 minutos. Verificar cozedura. Retirar do forno, deixar arrefecer um pouco e cortar em quadrados. Depois foi só colocar num cestinho e levar para a avó mais gulosa que eu conheço!

Bom apetite!

Bolo de caramelos

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Bolo de chocolate com azeite

Bolo de chocolate com azeite

Hoje trago uma receita do mais recente livro da Nigella Lawson (penso que não me estou a enganar!), Nigelissima. É um bolo de chocolate que leva azeite como gordura e feito com água a ferver. E todos os bolos de chocolate que são feitos com água a ferver, já se sabe, ficam macios e deliciosos. Fica um bolo relativamente pequeno, ideal para juntar a outras sobremesas no caso de receberem um número maior de pessoas, ou se for só para consumo caseiro, fica no tamanho certo! Aqui fica:

150ml de azeite
50g de cacau em pó
125ml de água a ferver
1 colher de café de essência de baunilha
50g de farinha de amêndoa (amêndoa moída)
100g de farinha de trigo
½ colher de chá de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
200g de açúcar
3 ovos

Opcional: bagos de romã e açúcar em pó para decorar

Bolo de chocolate com azeite

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar uma forma redonda (24cm) com azeite e polvilhar de farinha. Reservar.

Numa taça colocar o cacau em pó e juntar a água a ferver. Bater suavemente com uma vara de arames até obter uma pasta suave, mas ligeiramente líquida. Reservar e deixar arrefecer um pouco.

Noutra taça juntar o azeite e os ovos e bater cerca de 3 minutos numa velocidade alta, até obter um creme. Continuar a bater, mas reduzindo a velocidade e juntar o cacau. Por fim adicionar as farinhas (trigo e amêndoa), o bicarbonato e o sal e envolver delicadamente.

Colocar a massa na forma e levar ao forno cerca de 35-40 minutos. Verificar a cozedura (o bolo deve estar firme nos lados e com uma aparência húmida ao centro) retirar do forno e deixar repousar cerca de 10 minutos até desenformar.

Depois de frio polvilhar com açúcar em pó e decorar com alguns bagos de romã.

Bom apetite!

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Courgettes recheadas com medalhões de pescada

Courgettes recheadas com medalhões de pescada

Para começar a semana cheia de boas intenções e de uma forma mais saudável, trago hoje uma sugestão para uma refeição mais ligeira. É muito simples de fazer. No meu caso, cozi os medalhões de peixe de propósito para preparar os almoços da semana, mas na realidade adapta-se a qualquer tipo de peixe ou carne que tenha sobrado de refeições anteriores. Aqui deixo a sugestão:

Para duas pessoas ou duas refeições ligeiras

1 courgettte média
6 a 8 cogumelos frescos
3 dentes de alho
1 tomate maduro
2 colheres de sopa de queijo quark magro
1 colher de sopa de azeitonas pretas descaroçadas e fatiadas
3 pés de coentros
2 medalhões de pescada já cozidos
Sal e pimenta preta a gosto
2 colheres de sopa de queijo mozarela ralado

Ligar o forno nos 180.ºC. Abrir a courgette ao meio, no sentido do comprimento e retirar o miolo, com o cuidado de não deixar a casca muito fina para não quebrar. Reservar o miolo e colocar as “cascas” num recipiente de ir ao forno. Salpicar com uma pitada de sal e regar com um fio de azeite. Colocar no forno enquanto se preparar o recheio.

Numa frigideira colocar um fio de azeite e levar ao lume para aquecer. Juntar o miolo de courgette partido em pedaços pequenos, os cogumelos e os dentes de alho fatiados. Quando os cogumelos começarem a alourar, juntar o tomate em cubos (eu ponho cascas e sementes, sem problemas), os pés de coentros e o peixe partido em lascas. Envolver bem e deixar cozinhar por 4 ou 5 minutos. Por fim juntar o queijo quark, as azeitonas, uma pitada de sal e pimenta preta moída na hora. Envolver e deixar levantar fervura. Retirar do lume.

Retirar o tabuleiro das courgettes do forno e colocar o recheio que foi preparado. Salpicar com mozarela ralada e levar ao forno para gratinar. Quando estiver douradinho está pronto.

Bom apetite!

Courgettes recheadas com medalhões de pescada

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Bolo de canela com mel e nozes

Bolo de canela com mel e nozes

Nesta altura do ano os fornos ligam-se constantemente (os senhores da EDP agradecem!). São as carnes assadas, os peixes no forno, as granolas, os pães, as bolachas e biscoitos e claro os sempre tão desejados bolos. Lá por casa sai sempre um bolo, pelo menos uma vez por semana. Um dos bolos preferidos é o bolo de mel. Desta vez saiu um bolo de mel com nozes. E pronto, lá foi sendo comido, fatia a fatia, entre lanches e merendas, com bebidas quentes ou iogurtes. Experimentem!

Bolo de canela com mel e nozes

5 ovos
250g de açúcar
½ copo de mel (cerca de 100g)
250g de margarina vegetal amolecida no micro-ondas
1 colher de sobremesa de canela em pó
250g de farinha
1 colher de fermento em pó
½ copo de nozes picadas misturadas com uma colher de sobremesa de farinha

Nozes picadas e açúcar em pó q.b. para decorar (opcional)

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar uma forma redonda com margarina e polvilhar de farinha. Reservar.

Começar por bater durante uns minutos os ovos juntamente com o açúcar até obter um creme fofo. Juntar de seguida o mel, a canela e a margarina e bater novamente. Adicionar a farinha e o fermento e bater apenas o suficiente para ficarem integrados e desaparecerem os grumos. Juntar por fim as nozes sem bater, apenas para distribui-las de forma uniforme pela massa.

Colocar a massa na forma e levar ao forno quente cerca de 35-40 minutos. Verificar a cozedura, retirar do forno e desenformar. Depois de frio polvilhar com açúcar em pó a gosto e nozes picadas.

Bom apetite!

Bolo de canela com mel e nozes

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Cheesecake de frutos silvestres (Bimby/thermomix)

Cheesecake de frutos silvestres

Desde que aprendi a fazer cheesecake com cuajada com a minha amiga Fá do Bolinho de Sábado, nunca mais fiz da maneira tradicional. A receita está escrita para a Bimby, mas por favor, quem não a tem, não deixe de experimentar, uma vez que basta passar para o tachinho e para um “1-2-3” e fica tudo igual. Este cheesecake fica delicioso, com creme e cobertura de frutos vermelhos. Mesmo que não estejam na época ou não os encontrem a um preço minimamente acessível, usem congelados (foi o que eu usei), que para este tipo de sobremesas resultam lindamente. Lá em casa é definitivamente uma das sobremesas de eleição. Aqui fica:

Base
200g de bolacha maria
80g de manteiga ou margarina à temperatura ambiente

Creme
3 saquetas de cuajada Royal
400ml de natas magras (2 pacotinhos)
600ml de leite
150g de queijo creme (Philadelphia ou equivalente)
7 colheres de sopa de açúcar
80g de frutos silvestres

Cobertura
100g de frutos silvestres
80g de açúcar
1 folha de gelatina

Frutos silvestres a gosto para decorar

Cheesecake de frutos silvestres

Base:
Colocar as bolachas partidas em pedaços no copo da bimby e triturar 15 seg., vel 6. Juntar a manteiga partida em cubinhos e misturar 15 seg., vel 4. Retirar do copo e forrar o fundo de uma forma de fundo amovível calcando bem. Colocar a forma no congelador enquanto se preparar o creme.

Creme:
Triturar os frutos vermelhos ainda congelados uns segundos na vel. 5-7. Retirar e reservar. Sem lavar o copo, colocar no copo as natas, o leite, o açúcar e a cuajada e programar 12 min., temp. 90, vel. 4. Terminado o tempo, juntar o queijo creme e os frutos triturados e misturar 15 seg., vel. 3 1/2. Verter o preparado na forma, deixar arrefecer um pouco e levar ao frigorífico até solidificar.

Cobertura:
Colocar os frutos no copo juntamente com o açúcar e tritura 10 seg., vel. 5. Programar de seguida 4 min., temp. 50, vel. 3. Enquanto isso demolhar a folha de gelatina num pouco de água (apenas a suficiente para cobrir). Quando estiver mole, levar ao micro-ondas cerca de 10 seg., sem deixar ferver.
Pelo buraco da tapa e através de um passador de rede fina, juntar a gelatina e misturar uns segundos na vel. 4. Retirar o copo da base e deixar arrefecer um pouco. De seguida colocar sobre o creme. Levar ao frio para solidificar.

Manter no frigorífico até à hora de servir. Antes de levar para a mesa, decorar com frutos silvestres a gosto, mesmo congelados (que eles descongelam num ápice!).

Bom apetite!

Cheesecake de frutos silvestres
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...