sexta-feira, 27 de maio de 2016

Bolo simples com maçã e nozes



Estamos a quatro dias de Junho e continuamos de casaco, meias, chapéu-de-chuva e um lencinho para o pescoço para evitar as dores de garganta. Está-se mesmo a ver que o calor virá repentinamente de forma sufocante e nem tivemos tempo para o tempo ameno. Os dias cinzentos ainda pedem forno ligado e cheiro a bolo a espalhar-se pela casa. E é de bolos e refeições simples que se têm enchido os dias lá em casa. O fim do ano aproxima-se a passos muito largos. Tive a sensação que este ano voou! Foi rápido e alucinante, mas cheio de chatices e problemas no dia-a-dia. As miúdas já estão esgotadas, nós também, literalmente a precisar de férias. Quando elas acabarem as aulas o ritmo abranda substancialmente, o que já ajuda bastante, mas falta-me a areia, o mar e o cheiro a protetor solar! Mas bom, tem que ser! Hoje deixo-vos com um dos bolos simples que têm saído lá por casa:



60g de nozes picadas grosseiramente
3 maçãs pequenas
4 ovos
250g de açúcar
100g de margarina vegetal
1 dl de leite
1 colher de chá de fermento em pó
300g de farinha

Açúcar em pó e canela para polvilhar

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar uma forma de buraco com margarina e polvilhar de farinha. Reservar.

Começar por descascar e descaroçar as maçãs e reduzir a puré com a ajuda de um robot ou varinha mágica. Reservar.

Juntar os ovos, a margarina e o açúcar e bater muito bem até ficar em creme. Adicionar o leite e o puré de maçã e bater novamente. Por fim juntar a farinha, o fermento e as nozes picadas. Bater levemente até a farinha estar completamente integrada. Colocar a massa na forma e levar ao forno quente por 35-40 minutos. Verificar a cozedura, retirar do forno e aguardar 10 minutos antes de desenformar. Com o bolo ainda quente polvilhar com açúcar em pó e canela.

Bom apetite!

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Tarte de frango com caril e brie



Começo a semana com uma receita simples. Uma tarte salgada que serve de refeição para a família ou para levar fatiada para os almoços da semana. Lá em casa as tartes salgadas saem um bocadinho ao sabor do que há na dispensa ou no frigorífico e esta não foi exceção. Vão-se mudando os ingredientes e os temperos e saem sempre tartes diferentes e ao gosto de todos. Deixo-vos a sugestão:

1 base de massa quebrada (usei de compra)
2 peitos de frango
1 cenoura
1 alho francês
3 folhas de couve
Fatias de queijo brie a gosto
1 colher de sopa de caril
1 colher de café de cominhos moídos
1 pitada de sal
1 iogurte natural
5 ovos

Começar por preparar todos os ingredientes. Cortar o frango em tiras finas, a cenoura em cubinhos pequenos (pode ser ralada), o alho francês em rodelas finas e a couve cortada em juliana.

Levar uma frigideira ao lume com um fio de azeite. Quando estiver quente, juntar o frango e deixar alourar, temperando com uma pitada de sal. Adicionar a cenoura, o alho francês e a couve, regar com um fio de azeite, salpicar com o caril e os cominhos. Envolver de deixar cozinhar até os legumes estarem macios.

Enquanto os legumes cozinham, colocar numa taça os ovos juntamente com o iogurte, juntar uma pitada de sal e reservar.

Estender a massa numa tarteira e picar o fundo com um garfo. Colocar sobre a massa a mistura de legumes e frango, cobrir com os ovos e iogurte e distribuir a gosto fatias de queijo brie. Levar ao forno pré-aquecido cerca de 3º-35 minutos ou até a massa estar cozida e a tarte bem coradinha. Servir acompanhado de uma salada.

Bom apetite!


sexta-feira, 20 de maio de 2016

Pudim de queijo fresco batido (quark)



Depois de fazer as merendas de chocolate e noz que vos trouxe a semana passada, sobrou-me meia embalagem de queijo quark. Lembrei-me então de uma receita de um pudim que já tinha feito há muito tempo e que na altura não me correu muito bem porque usei os ingredientes errados e resolvi voltar a experimentar, desta vez com ligeiras alterações em relação à receita original. Usei o queijo certo e resultou francamente melhor. Se querem um pudim simples e rápido de fazer, esta pode ser uma solução. Experimentem!


1 lata de leite condensado
2/3 de lata de leite
1 pacote de natas
4 ovos
200g de queijo fresco batido (queijo quark)
Sumo e raspa de 1 laranja
1 colher de sopa de essência de baunilha (se for caseira, se for de compra reduzam para uma colher de café)
Caramelo para untar a forma

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar a forma onde querem servir o pudim com caramelo. Reservar.

Colocar todos os restantes ingredientes numa taça e bater muito bem com uma vara de arames até estar um creme homogéneo. Colocar na forma reservada e levar ao forno cerca de 35-40 minutos ou até estar cozido. Terminado esse tempo, abrir a porta do forno e deixar arrefecer. Depois, é só partir em fatias e comer!

Bom apetite!

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Febras com sopa de cebola e cerveja preta



Hoje deixo-vos uma daquelas receitas com sabor a anos 90. Uma receita muito simples, mas que resulta num prato muito saboroso e que se cozinha praticamente sozinho. Talvez a maior parte de vocês até já a tenham feito, mas quis relembrar pela simplicidade que se quer para uma refeição durante a semana. Aqui fica a sugestão:



800g de febras
1 cerveja preta
1 colher de sopa de margarina vegetal
1 pacote de sopa de cebola
1 pitada de sal
1 pitada de pimenta preta
Salsa para polvilhar

Num tacho largo colocar a margarina e a cerveja. Quando levantar fervura e a margarina estiver completamente derretida, juntar a sopa de cebola e deixar cozinhar por 5-6 minutos. Adicionar as febras, desencontradas umas das outras, temperar com uma pitada de sal e de pimenta e tapar o tacho. Deixar cozinhar cerca de 25-30 minutos, mexendo ocasionalmente. Quando estiver pronto polvilhar com salsa fresca (opcional) e servir de imediato. Acompanhamos com arroz branco.

Bom apetite!

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Merendas de chocolate e nozes



Lembram-se de aqui há dias ter publicado uns pãezinhos doces de maçã para as merendas? Logo na altura disse que já tinha experimentado com outros ingredientes e aqui está essa experiência. Eu preferi a versão original, mas sou suspeita que adoro tudo o que leva maçã. Mas dizer que prefiro não significa que não tenha gostado destes, adorei também. E tenho em conta o tempo que duraram lá em casa, posso assegurar que todos gostaram… e muito! A única coisa que fiz que não devia ter feito foi picar o chocolate no robot de cozinha e ficou muito miúdo. É preferível perder 5 minutos e picar com uma faca para resultarem pedaços um pouco maiores. Além disso, como não ficam com a humidade da maçã, ficam com uma consistência ligeiramente diferente, mas deliciosos na mesma! Seja como for, aqui fica a sugestão:



Rende 10-11

200g de queijo quark
½ chávena de chá de óleo vegetal
100g de açúcar
300g de farinha
1 colher de chá bem cheia de fermento em pó
1 tablete de chocolate preto picado grosseiramente
2/3 chávena de chá de nozes picadas

Para polvilhar
Açúcar em pó

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Preparar um tabuleiro de ir ao forno com tapete antiaderente. Reservar.

Colocar todos os ingredientes numa taça, com exceção das nozes e do chocolate e misturar muito bem até obter uma massa uniforme e meio pegajosa - num robot de cozinha uns segundos na vel. 4 até obter o mesmo resultado. Adicionar os pedaços de noz e de chocolate e envolver bem com a ajuda de uma colher de pau ou com as mãos.

Fazer pequenas bolas e colocar no tabuleiro um pouco afastadas umas das outras. Levar ao forno quente cerca de 25-30 minutos. Quando estiverem douradinhos, estão prontos. Ainda quentes, salpicar com açúcar em pó.

Bom apetite!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...