sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Granola de Lacasitos



Por aqui de vez em quando recebemos umas ofertas simpáticas. Desta vez foram uns “saquinhos” de Lacasitos. Fui desafiada a fazer umas receitas com eles e cá está a primeira. É sempre giro para ocasiões especiais usar este tipo de doces. Os miúdos adoram e fazem logo uma mesa colorida. Em dias de festinhas ou de lanches com amigos, porque não?? Hoje a sugestão que trago não é de nada festivo na realidade. Mas é uma granola caseira, para comer no lanche do fim-de-semana com um iogurte. As miúdas adoraram, escusado será dizer. Fiz a primeira parte da receita na Actifry (15 minutos), mas deixo-vos a forma mais tradicional de a fazer. Espero que gostem da sugestão!

   

2 chávenas de chá de flocos de aveia
2 colheres de sopa de doce caseiro (usei de diospiro, mas pode ser um qualquer)
1 colher de sopa de azeite
2 colheres de sopa de sementes de girassol
1 chávena de flocos de milho
½ chávena de Lacasitos coloridos
½ chávena de Lacasitos de chocolate branco

Colocar num tabuleiro de forno (pequeno) os flocos de aveia, o doce caseiro, o azeite e as sementes de girassol. Misturar tudo muito bem e levar ao forno já quente cerca de 20 minutos, mexendo uma ou duas vezes durante esse período para os flocos tostarem de forma uniforme. Quando estiver douradinho, retirar do forno e deixar a arrefecer.

Depois de frio juntar os flocos de milhos e os Lacasitos, envolver tudo muito bem e guardar em frascos herméticos.

Bom apetite!

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Bolo com cenoura e maçã



4.ª feira. Estamos a meio da semana! Ao contrário da semana passada esta semana parece qualquer coisa de interminável! Hoje trago-vos o bolo que fiz o fim-de-semana passado. Um bolo simples com cenoura e maçã que se faz num instante e com a vida muito mais facilitada se tiverem a ajuda de um robot de cozinha. Além disso, usei farinha de amêndoa, que não tem segredo nenhum. Basta pesarem a quantidade que precisam de amêndoas (podem ser inteiras, com ou sem pele, laminadas…) e reduzir a farinha num robot. É só isso. Se não tiverem, ninguém morre e aumentem um pouco a farinha de trigo. Ficará muito bom na mesma, seguramente! Não fica um bolo muito doce, nem enorme, mas fica um bolo muito bom para o lanche. Deixo-vos a sugestão:



2 cenouras médias
2 maçãs de qualquer espécie médias
4 ovos
180g de açúcar
50g de óleo vegetal
50g de farinha de amêndoa (basta reduzir amêndoas a farinha com a ajuda de um robot - se não tiverem aumentem mais 30g a farinha de trigo)
200g de farinha
1 colher de chá de fermento em pó
1 colher de chá de canela

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar uma forma de buraco com margarina e polvilhar de farinha. Reservar.

Descascar e descaroçar as maçãs e as cenouras. Partir em pedaços e colocar dentro de um robot de cozinha picando até ficar quase em creme.

Juntar os ovos, o açúcar e o óleo vegetal e bater bem. Por último adicionar a farinha de trigo, farinha de amêndoa, canela em pó e fermento em pó. Bater numa velocidade mais baixa apenas para envolver. Colocar a massa na forma reservada e levar ao forno cerca de 40 minutos ou até o bolo estar cozido. Retirar do forno e desenformar.

Bom apetite!

NOTA: NÃO SE ESQUEÇAM DE PARTICIPAR NO PASSATEMPO DA MONTIQUEIJO! TERMINA HOJE MESMO!

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Arroz com frango e legumes



Esta é outra refeição daquelas mesmo simples que costumo fazer lá em casa. Tenho sempre peitos de frango no congelador porque facilitam muitas vezes as opções. Foi o que aconteceu num almoço de fim-de-semana em que estávamos só as três para almoçar. Apesar de ter sido feito num dia com mais tempo, esta refeição faz-se mesmo muito depressa. Aqui deixo a sugestão:

Arroz evaporado suficiente para 4 pessoas
2 peitos de frango
2 linguiças
1 cebola média
1 alho francês
6 folhas de couve lombarda
Salsa fresca
Azeite, sal, pimenta e alho em pó

Picar meia cebola para um tacho e regar com um pouco de azeite. Levar a lume baixo e quando a cebola começar a amolecer juntar o arroz. Quando os grãos de arroz começarem a ficar translúcidos juntar água bem quente, temperar com o sal necessário e deixar cozer, mexendo ocasionalmente.

Enquanto o arroz coze, colocar uma frigideira ao lume com um fio de azeite. Juntar a outra metade da cebola picada, o alho francês em rodelas e as folhas de couve em juliana. Deixar amolecer os legumes e juntar a linguiça em rodelas, os peitos de frango em cubinhos pequenos e um pouco de salsa picada. Temperar com uma pitada de sal, pimenta preta moída na hora e alho em pó. Quando o frango estiver cozinhado e a linguiça dourada, retirar do lume.

Escorrer bem o arroz e juntar a carne envolvendo até estar tudo misturado. Depois é só servir…

Bom apetite!

Nota: Não se esqueçam de participar no passatempo da Montiqueijo que está a decorrer! É só até 4.ª feira!

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Bolo de claras com limão e baunilha... e uma semana de coração cheio!





Da minha perspectiva esta semana passou depressa. Foi uma semana cheia. Algumas coisas fora da rotina e milhares de testes e trabalhos das miúdas. Na 4.ª feira ainda houve a celebração do dia do patrono na escola delas, com entrega de diplomas de mérito académico e desportivo, e actuações de alguns alunos dos departamentos de línguas e a tão famosa Orquestra Geração. Foi uma coisa em modo pequeno que a escola tem muito poucas condições físicas, mas encheu-me o coração. Ainda tantos falam mal da escola pública. Fazem-se coisas mesmo gigantes na escola pública! Quem esteve presente emocionou-se com certeza com os testemunhos de igualdade entre os jovens estudantes. É uma escola multi-cultural, com miúdos um bocadinho de todo o mundo. Falaram-se de diferenças sociais, culturais, ideológicas, religiosas e sexuais. Os próprios miúdos se emocionaram e são estes momentos que também os fazem crescer. O trabalharem sobre essas temáticas e transmitirem-nas qual gente crescida, dando uma lição de sabedoria e humildade a todos nós. Também os miúdos da Orquestra. Tantos que tenho visto crescer. Tantos que lhes sei as histórias de vida menos fácil. Tantos que em tão poucos anos já tiveram mais problemas do que tantos adultos. E ali estão eles com horas (anos!) de vida dedicada à música! Parabéns miúdos! E no fim a minha filha mais velha com duas amigas a cantar o “Je vole” do filme “La Famille Bélier”. Ponham-se bem na letra e depois digam-me se não ficariam também esmagadas (vá, isto é mais para as mães galinhas como eu!)… e cantaram tãaaaaaaaao bem! Obrigada a todos os professores e director de agrupamento por este fim de dia tão especial! São vocês que podem fazer a diferença!



E agora fiquem lá com um bolinho para o fim-de-semana…

7 claras de ovo
180g de açúcar
100g de margarina vegetal amolecida
Sumo e raspa de 1 limão pequeno
1 colher de sobremesa de essência de baunilha (uso caseira, de compra usem com cuidado que tem um sabor muito mais intenso)
210g de farinha
1 colher de sobremesa de fermento em pó

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar uma forma de buraco com margarina e polvilhar de farinha. Reservar.

Começar por bater muito bem as claras em castelo firme com uma pitada de sal fino. Reservar. Noutra taça bater o açúcar com a margarina vegetal amolecida, o sumo e a raspa de limão e a essência de baunilha. Quando estiver em creme juntar alternadamente a farinha misturada com o fermento e as claras em castelo. Envolver entre cada adição com a ajuda de uma colher ou vara de arames, mas sem bater.

Colocar a massa no forno e levar ao forno cerca de 35 minutos ou até o bolo estar cozido. Retirar, deixar repousar uns minutos e desenformar. Depois de frio polvilhar com açúcar em pó a gosto.

Bom apetite!

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Passatempo Montiqueijo



Hoje não há receita! Tenho antes um passatempo para vos oferecer. A Montiqueijo quer oferecer um cabaz de queijos (deliciosos!) aos meus leitores. As regras são muito simples. E podem ter a garantia que o vencedor será pessoalmente contactado por mim e terá um prazo de 48 horas para me responder. No caso de isso não acontecer será feito um novo sorteio e o procedimento será o mesmo.

Vamos às regras?

O passatempo terá início hoje, dia 8 de Fevereiro de 2017 e terminará no dia 15 do mesmo mês. O vencedor será contactado e o resultado divulgado durante o dia 16 de Fevereiro de 2017.

O vencedor será escolhido aleatoriamente pelo sistema random.

Será validada apenas 1 participação por pessoa.

As participações serão apenas para Portugal Continental pois a marca não faz entregas nas Ilhas e a entrega do prémio será da responsabilidade da Montiqueijo.

Prémio: um cabaz de queijo - queijos frescos, queijo fresco em barra, queijos curados e requeijão. Idêntico ao da foto em anexo, mas sem a tábua incluída.


O que têm que fazer:

Gostar da página Montiqueijo no Facebbok.

Seguir a página da Montiqueijo no Instagram.

Gostar da página As receitas lá de casa no Facebbok.

Gostar da publicação do concurso no Facebook e deixar um comentário simpático com a identificação de dois amigos.

Fazer a partilha em modo público da publicação do concurso no Facebook.

Para que as vossas participações sejam validadas, é importante que reúnam todos os pontos aqui referidos.

Obrigada pela vossa participação!

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Lombo de porco com maçã e farinheira



Ao contrário da semana passada, este fim-de-semana quase não entrei na cozinha! No sábado fui para um workshop com umas amigas e cozinhei parte do almoço que levei na 6.ª feira à noite e no domingo fui almoçar a casa da minha mãe um imenso cozido à portuguesa feito pelo meu “pai” que cozinha como ninguém! Fiz só uma sopa no domingo logo pela manhã e ao fim do dia estufei um pedaço de carne para ser usado numa ou duas refeições desta semana. Ou seja, nada de novo, no meu pequeno reino (leia-se na minha cozinha!). Vou por isso trazer receitas que estavam em lista de espera por um ou outro motivo… Hoje deixo-vos com um lombo de porco recheado com maçã reineta e farinheira. Se tiverem cordão de cozinha usem-no para atar a carne… eu não me lembrava que não tinha! Seja como for, saiu um lombo um bocadinho babado mas delicioso.

1 lombo de porco
1 farinheira
2 maçãs reineta pequenas ou 1 grande
2 cebolas médias
100g de cogumelos frescos
Azeite e banha de porco
Sal, pimentão-doce, alho em pó e cominhos a gosto

Pré-aquecer o forno a 200.ºC. Colocar o lombo num tabuleiro e dar-lhe um golpe a todo o comprimento sem separar as duas partes. Descascar e descaroçar as maçãs, fatiar e colocar as fatias sobre a parte de baixo do lombo. Retirar a pele da farinheira e espelhar o recheio sobre as maçãs. Fechar o lombo e atar com cordel de cozinha. À volta do lobo colocar a cebola em meias luas finas. Regar com um fio de azeite e juntar uma colher de sopa de banha de porco ao tabuleiro. Salpicar o lombo e as cebolas com sal grosso, pimentão-doce, alho em pó e cominhos a gosto. Levar ao forno cerca de 1 hora. Quando o lombo estiver quase pronto juntar ao tabuleiro os cogumelos fatiados e levar ao forno novamente. Quando estiver bem douradinho, retirar do forno e fatiar. Acompanhamos com batata doce assada.

Bom apetite!


sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Crepes de chocolate



Um destes fins-de-semana também apeteceu um lanchinho especial às miúdas. Resolvi deitar mãos à obra e fazer uns crepes de chocolate. Elas adoram e confesso que faço muito poucas vezes. Não pelo trabalho que dão (que não é nenhum, apenas alguma paciência) mas porque na realidade nunca me lembro. Estes levaram chocolate na massa e acompanhamos com frutas e iogurte grego natural… sim, acompanhamos que claro está também acabei por provar!



Para 15 crepes

2 ovos
70g de açúcar
300ml de leite à temperatura ambiente
1 colher de sopa de manteiga à temperatura ambiente
90g de farinha
50g de chocolate em pó (usei chocolate para o leite)

Começar por bater os ovos com o açúcar, o leite e a manteiga. Juntar a farinha e o chocolate em pó e bater novamente. A massa fica mesmo bastante líquida.

Levar uma frigideira antiaderente ao lume e untar com um pouco de azeite com a ajuda de um papel de cozinha. Colocar pequenas quantidades de massa de cada vez na frigideira, espalhando de forma a cobrir toda a superfície do fundo. Quando começar a fazer pequenas bolhas, virar o crepe e esperar que aconteça o mesmo. Retirar o crepe da frigideira e repetir a operação até a massa terminar.

Esta quantidade rende cerca de 15 crepes que podem ser comidos quentes ou frios. Podem dobrar a receita e aproveitar para fazerem, congelarem e terem crepes para o pequeno-almoço durante a semana.

Acompanhamos com iogurte grego natural, frutos vermelhos, banana e canela.

Bom apetite!


quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Panqueca de tabuleiro com legumes



Durante a semana o tempo para pequenos-almoços mais variados simplesmente não existe. E não me venham com a conversa do levantem-se mais cedo, porque já nos levantamos às 6:30 da manhã e não, não nos apetece levantar ainda mais cedo. As rotinas estão interiorizadas, as miúdas perfeitamente autónomas e fazemos o que precisamos, sem correrias nem stress. Mas se alterarmos os ritmos, aí já fica difícil controlar as coisas… e quem me conhece sabe que eu sou só um “bocadinho” neurótica no que diz respeito a cumprimento de horários. As horas e os compromissos existem para serem cumpridos, e no que depender de mim lá em casa ninguém chega atrasado a lado nenhum… muito antes pelo contrário. As miúdas estão na escola 15 minutos antes do toque e eu chego ao abrir das portas do sítio onde trabalho. É assim, sempre fui assim. E sinto que a vida flui melhor dessa maneira. Ninguém morre se houver um atraso ou alguma coisa inesperada, mas confesso que me sinto bem melhor quando consigo controlar as coisas! Seja como for, às vezes gostamos de variar o pequeno-almoço. Evitar o pão e comer alguma coisa que nos sacie durante mais horas, até haver novamente oportunidade de ingerir qualquer coisa. Uma das alternativas que arranjei foi fazer este tipo de “panquecas” de forno. Todos gostamos e servem para 2 ou 3 pequenos-almoços, ou até mesmo para um almoço com uma salada bem composta. A vantagem deste tipo de pratos, é que não precisamos de comer todos os dias e podemos ir variando. Depois de feito, pode-se partir em cubos e congelar. Depois, na véspera (ou no próprio dia!) é só deixar a descongelar e aquecer um minutinho no micro-ondas. De vez em quando sabe bem variar…



100g de bacon
1 peito de frango cozido
1 alho francês
2 cenouras
6 pés de salsa
180g de couve-flor
50g de queijo mozarela ralado
6 ovos
1 iogurte natural
2 colheres de sopa de azeite
Sal e pimenta
60g de farinha de mandioca (podem usar outra)
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de sopa de vinagre

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar um tabuleiro de ir ao forno com azeite. Reservar.

Desfiar o peito de frango, partir o bacon em tiras finas e cortar o alho francês em rodelas. Misturar e reservar numa taça.

Com a ajuda de um robot de cozinha picar as cenouras, a couve-flor e os pés de salsa. Juntar à taça do frango juntamente com a mozarela ralada.

Noutro recipiente bater os ovos. Juntar de seguida o iogurte natural, as duas colheres de sopa de azeite e temperar a gosto com sal e pimenta preta moída na hora. Por último juntar a farinha de mandioca, o bicarbonato de sódio e o vinagre e bater tudo muito bem. Juntar esta mistura com a mistura do frango, envolver bem e colocar no tabuleiro reservado. Levar ao forno cerca de 30 a 35 minutos ou até a parte de cima estar bem coradinha.

Bom apetite!

Post Ads (Documentation Required)

Author Info (Documentation Required)