quarta-feira, 31 de Outubro de 2012

Pataniscas de polvo

Pataniscas de polvo

Lá em casa gostamos muito de polvo. De qualquer forma. Desta vez saíram umas belas pataniscas, acompanhadas com um arroz de feijão malandrinho. Muito bom. Aqui fica a sugestão:

500g de polvo previamente cozido
1 cebola média
Pés de salsa a gosto
4 ovos
300g de farinha
100ml de leite
200ml de água
Sal e pimenta
Sumo de limão
óleo q.b.

Começar por partir o polvo em pedaços pequenos. Reservar.

Picar muito bem a cebola e os pés de salsa e juntar ao polvo.

Numa taça grande bater os ovos. Juntar de seguida o leite e bater novamente. Ir juntando a farinha e a água de forma alternada. Bater muito bem até estar uma massa homogénea. Juntar por fim o polvo reservado com a cebola e a salsa. Temperar com sal e uma pitada de pimenta.

Deixar repousar a massa enquanto o óleo aquece. As pataniscas devem ser fritas ás colheradas em óleo abundante e quente. Quando estiverem bem douradinhas, retirar e colocar sobre papel absorvente.

Acompanhamos com arroz de feijão bem malandrinho!

Bom apetite!

Pataniscas de polvo

segunda-feira, 29 de Outubro de 2012

Bolo de iogurte com manteiga de amendoim

Bolo de iogurte com manteiga de amendoim

Hoje trago um bolinho feito ontem depois do almoço. Ainda está lá em casa, mas já vai quase a meio. É um bolo de sabor diferente, mas fica bastante agradável. Tenho usado receitas com manteiga de amendoim, porque comprei um frasco e ninguém gostou de a comer ao “natural”. Logo tem sido adaptada a bolos e biscoitos. Assim não se estraga e tem desaparecido depressa… já só falta um bocadinho para acabar o frasco! Aqui fica a sugestão:

100g de margarina amolecida
3 ovos grandes ou 4 médios
150g de açúcar
350g de farinha
1 colher de café de fermento em pó
1 colher de café de bicarbonato de sódio
2 iogurtes naturais
½ copo de iogurte de leite
150g de manteiga de amendoim

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar uma forma de buraco com margarina e polvilhar de farinha. Reservar.

Numa taça grande e usando uma batedeira, bater muito bem a margarina com o açúcar. Adicionar os ovos, um a um, batendo sempre entre cada adição.

Juntar de seguida iogurtes, o leite e a manteiga de amendoim. Bater muito bem até estar uma massa uniforme. Por fim, adicionar a farinha, o fermento e o bicarbonato. Mexer bem até estar tudo bem misturado. Fica uma massa pesada e espessa, apesar do bolo resultar macio e fofo.

Levar ao forno por 40 minutos. Verificar a cozedura com um palito. Retirar do forno, desenformar e deixar arrefecer.

Bom apetite!

Bolo de iogurte com manteiga de amendoim

sexta-feira, 26 de Outubro de 2012

Folhadinhos de paio

Folhadinhos de paio

Hoje trago uma solução muito básica, mas uma alternativa simples aos tão célebres folhados de queijo e fiambre. Mais uma entrada ou um complemento de lanche muito simples de preparar. Aqui fica:

1 placa de massa folhada (costumo usar do LIDL. Para folhados individuais são mais práticas, uma vez que são retangulares)
1 embalagem de paio fatiado
1 gema de ovo
Sementes de sésamo

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Preparar um tabuleiro com tapete antiaderente e reservar.

Estender a massa folhada e cortar ao meio no sentido do comprimento. Sobre cada metade da massa distribuir as fatias de paio. Enrolar cada metade como se fosse uma torta e cortar em fatias com cerca de 3cm de espessura. Pincelar a superfície com a gema de ovo e polvilhar com as sementes de sésamo. Colocar no tabuleiro e levar ao forno cerca de 25 minutos ou até a massa ficar dourada. Retirar e deixar arrefecer.

Bom apetite!

quarta-feira, 24 de Outubro de 2012

Frango com cogumelos na Actifry

Frango com cogumelos na Actifry

Hoje trago mais uma receita com a preciosa ajuda da Actifry. Um frango bem simples e rápido de fazer e que fica delicioso! Aqui fica a sugestão:

1 frango partido em pedaços pequenos
2 cebolas médias 250g de cogumelos naturais cortados em quartos
4 ramos de coentros
75g de bacon em cubos
Azeite, sal, pimentão doce, alho em pó

Começar por lavar o frango para retirar restos de ossos partidos. Colocar o frango na cuba da Actifry e regar com um fio de azeite. Temperar com sal, alho em pó e pimentão doce. Programar 10 minutos.

Terminado esse tempo, acrescentar o bacon, os cogumelos e a cebola partida em fatias grossas. Regar novamente com um fio de azeite e uma colher de chá de molho de soja (depende da qualidade do molho. Há uns mais fortes que outros.) Programar mais 10 a 15 minutos. Verificar se está tostadinho ao nosso gosto. Retirar e servir. Acompanhamos com esparguete.

Bom apetite!

segunda-feira, 22 de Outubro de 2012

Iscas

Iscas

Hoje trago uma sugestão que não é do agrado de todos. Eu por mim falo. Quando era miúda ODIAVA tal coisa, e só de pensar que seria esse o almoço nem vontade tinha de ir para a mesa. Mas comia… que remédio! Ao contrário de mim, as minhas filhas gostam de iscas. Aliás lá em casa todos gostamos. Tendo em conta que é uma carne extremamente barata, é uma ótima solução de refeição em tempos de crise. 1 kg de iscas serviu 2 refeições.

O truque está no corte e no tempero. Quando comprar as iscas peça sempre para as cortarem bem finas. E devem ficar temperadas pelo menos 2 a 3 horas antes de serem cozinhadas. Aqui fica a sugestão:

1 kg de iscas cortadas finas
Tempero:
Sumo de 1 limão
4 ou 5 folhas de louro
6 dentes de alho
1 copo de vinagre
½ copo de vinho tinto
Sal a.b.

2 cebolas médias
Banha e margarina para fritar

Colocar num recipiente as iscas e juntar todos os ingredientes do tempero. Envolver bem toda a carne no tempero e deixar repousar. Sempre que se lembrar (não é preciso muitas vezes) envolver a carne novamente no tempero.

Para fritar:
Colocar numa frigideira uma colher de sopa de banha e uma colher de sopa de margarina. Quando derreterem juntar meia cebola cortada em fatias finas e algumas iscas. Ir repetindo o processo até terminar a carne. Se necessário ir juntando o molho do tempero e adicionar mais gordura. Acompanhamos com batatas cozidas.

Bom apetite!

sexta-feira, 19 de Outubro de 2012

Doce de tomate

Doce de tomate

Nunca tinha feito doce de tomate, apesar de ser dos doces preferidos lá de casa. Não sei porquê, apenas nunca tinha calhado. Resolvi fazê-lo à “moda antiga”, na panela e de colher de pau, uma vez que tinha bastante tomate, e estes doces mais “aguados” na Bimby demoram muito tempo. No fogão foi rápido e acabei por fazê-lo em simultâneo com o jantar. Ficou no ponto certo e rendeu 3 frascos. Aqui fica a sugestão:

1 kg de tomate chucha maduro (pesado depois de pelado)
400g de açúcar branco
400g de açúcar amarelo
1 pau de canela
1 casca de limão
Sumo de ½ limão

Começar por pelar o tomate. Costumo usar uma técnica simples para o fazer. Basta colocar um tacho grande com água ao lume até ferver. Nessa altura colocar o tomate já lavado e deixar na água por 1 ou 2 minutos, dependendo da quantidade. Retirar o tomate do tacho e coloca-lo de seguida num alguidar com água bem fria (pode-se mesmo colocar gelo). Deixar repousar por mais 3 ou 4 minutos. De seguida a pela sai toda direitinha.

Numa panela alta colocar o tomate partido em pedaços (coloquei sementes e tudo), o açúcar, o pau de canela, a casca e o sumo de limão.

Levar a lume brando… e deixar ficar! Ir mexendo ocasionalmente. Quando levantar fervura (cuidado com os salpicos), mexer com mais frequência. Quando o doce estiver quase no ponto, i.e., quando já tiver evaporado boa parte do líquido, retirar o pau de canela e a casca de limão e passar o doce com a varinha mágica, até ficar na consistência desejada. Levar novamente ao lume. O doce atinge o ponto quando ao colocar um pouco num prato e passar com uma colher, o doce fizer estrada. Nunca esquecer que depois de frio o doce ganha ainda mais consistência. Colocar de imediato o doce em frascos esterilizados tapar e virar de tampa para baixo até arrefecer por completo.

Bom apetite!

Doce de tomate

quarta-feira, 17 de Outubro de 2012

Biscoitos de amendoim

Biscoitos de amendoim

Esta receita é tão mas tão simples e tão, mas tão deliciosa. Provei estes biscoitos em casa da minha amiga F., no Verão passado. Sempre que tenho que ligar o forno para cozinhar, aproveito o facto de ele estar quente para fazer um tabuleiro de biscoitos de confeção rápida. Tinha todos os ingredientes e deitei mãos à obra. Claro está que fiz uma alteração à receita original (já é tique!) que retirei do blog da F., “O bolinho de sábado”. Aqui fica a receita adaptada:

125g de amendoins com mel
1 ovo pequeno
100g de açúcar amarelo
1 colher de sopa de manteiga de amendoim

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Preparar um tabuleiro de forno com um tapete antiaderente. Reservar.

Começar por picar os amendoins grosseiramente durante uns segundos num robot de cozinha. Juntar o ovo e bater. Juntar a manteiga de amendoim e bater novamente. Por fim juntar o açúcar e envolver tudo muito bem.

Com uma colher de sobremesa, colocar pequenas porções de massa no tabuleiro um pouco afastadas entre elas. Achatar ligeiramente com a parte de baixo da colher.

Levar ao forno cerca de 15 minutos ou até estarem douradinhos. Retirar e deixar repousar por 5 a 10 minutos. Depois disso passar os biscoitos para uma rede para arrefecerem por completo. Guardar em recipiente hermético.

Bom apetite!

Biscoitos de amendoim

segunda-feira, 15 de Outubro de 2012

Tarte salgada de atum


-Então ficam para jantar? Mas é melhor fazer mais qualquer coisa (apesar da mesa estar cheia!)! Vou fazer uma quiche.
-Mas uma quiche de quê?
-Do que houver!
E assim nascem as quiches lá em casa…

1 base de masse folhada pré-comprada
2 iogurtes naturais
5 ovos
3 latas de atum
1 lata de milho doce
100g de bacon em cubos
5 cubos de espinafres congelados
Queijo mozarela a gosto

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Colocar a massa numa tarteira, juntamente com o papel vegetal que a acompanha. Depois de estendida picar o fundo com um garfo. Reservar.

Numa frigideira larga colocar o bacon e deixar dourar na sua própria gordura. Acrescentar de seguida os espinafres (mesmo congelados) e o milho. Deixar cozinhar. Quando os espinafres estiverem completamente cozinhados, juntar o atum bem escorrido e envolver tudo muito bem. Deixar cozinhar novamente por mais uns cinco minutos.

Numa taça, à parte, bater muito bem os 5 ovos e juntar os iogurtes. Bater novamente. Temperar esta mistura com sal, pimenta e alho em pó a gosto.

Colocar o recheio na forma, por cima da massa, e cobrir com a mistura dos ovos e iogurtes verificando se fica espalhado de forma uniforme por toda a tarte.

Salpicar tudo com queijo mozarela. Levar ao forno quente. Está pronta quando estiver bem douradinha, cerca de 30 minutos. Acompanhar com uma salada.

Bom apetite!

quarta-feira, 10 de Outubro de 2012

Crumble de maçã com um toque especial



Hoje trago mais uma sugestão para um crumble de maçã. Este tem um toque especial, uma vez que tem algumas alterações de ingredientes. Um crumble sabe sempre bem, agora que o Outono e o tempo incerto começa a aparecer. Deixo aqui a sugestão:

7 maçãs médias
4 colheres de sopa de doce de ameixa
Sumo de ½ limão
200g de farinha de trigo
75g de amêndoas com pele (é opcional, mas a pele intensifica o sabor… e a cor!)
150g de açúcar
50g de flocos de aveia
250g de margarina

Pré-aquecer o forno a 180.ºC.

Num recipiente que possa ir ao forno colocar o sumo do meio limão juntamente com o doce de ameixa. Descascar as maçãs, retirar os caroços e partir em cubos pequenos para dentro do recipiente. Envolver tudo muito bem, usando as mãos para misturar se necessário.

Num robot (não precisa ser Bimby!) de cozinha picar as amêndoas ligeiramente. Juntar a farinha, os flocos de aveia, o açúcar e por fim a margarina fria cortada em pedaços pequenos. Misturar tudo no robot, apenas até ter uma mistura granulada, mais grossa que areia de praia. Cobrir as maçãs com esta mistura e levar ao forno quente cerca de 25 a 30 minutos ou até estar dourado.

Servir morno ou frio, simples ou com uma bola de gelado.

Bom apetite!

segunda-feira, 8 de Outubro de 2012

Camembert com mel e nozes

Hoje trago uma sugestão bem simples e fácil de fazer. Serve de entrada, de sobremesa, de acompanhamento… enfim, serve para qualquer situação! Eu usei o forno para a fazer, uma vez que tinha o forno quente, mas pode ser feita no micro-ondas. Mais simples não pode haver. Aqui fica:

1 queijo Camembert
Nozes picadas q.b.
Mel q.b.

Começar por colocar o queijo num recipiente que possa ir ao forno e/ou ao micro-ondas. Fazer uns golpes em forma de quadrados com uma faca fina na superfície do queijo, sem chegar a cortar as laterais (assim vai abrir um pouco, mas sem “babar”). Cobrir toda a superfície com nozes picadas grosseiramente (mesmo com as mãos) e regar generosamente com mel.

Levar ao forno até o mel começar a ferver ou ao micro-ondas 2 ou 3 minutos na potência máxima. Retirar e servir quente acompanhado de tostas ou bolachas de água e sal.

Bom apetite!

terça-feira, 2 de Outubro de 2012

Bolo de laranja com vinho do Porto


Hoje trago mais um bolinho de fim-de-semana. Daqueles que se fazem ao sábado para servirem os lanches caseiros acompanhados de um copo de leite ou de uma chávena de chá. Normalmente faço-os depois de almoço, ainda antes de lavar a loiça… é que agora já me dou ao luxo de fazer bolinhos sem receita, o que me poupa o tempo de a procurar. Assim, enquanto arrumo a cozinha o bolo está no forno e sai a tempo de arrefecer para o lanche. Vou juntando ingredientes e anotando num papelinho, se a coisa resulta, partilho-a. Este resultou e ficou bem fofinho. Aqui fica:

200g de margarina
200g açúcar + 2 colheres de sopa
Sumo e raspa de 1 laranja
4 ovos
300g farinha
1 cálice bem cheio de vinho do Porto
3 colheres de sopa de coco ralado
1 colher de chá de fermento em pó

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar uma forma d buraco com margarina e polvilhar com farinha. Reservar.

Começar por amolecer ligeiramente a margarina no micro-ondas. De seguida juntar o açúcar e bater bem até estar um creme homogéneo.

Juntar os ovos, ir batendo entre cada adição. Juntar de seguida a raspa e o sumo de laranja, juntamente com o vinho do Porto. Bater novamente.

Adicionar o coco, a farinha e o fermento de uma vez só e bater até ficar bem misturado. Verter a massa na forma. Salpicar com as duas colheres de sopa de açúcar toda a massa. Levar ao forno por cerca de 40 minutos.

Verificar a cozedura com um palito, retirar, desenformar e deixar arrefecer.

Bom apetite!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...