segunda-feira, 30 de Abril de 2012

Empadão de atum – receita Bimby

Empadão de atum

Hoje trago uma receita muito, mas mesmo muito simples de fazer. Um empadão de atum, em que pomos os miúdos a comer legumes, sem perceberem e ainda a pedirem mais. Já Tenho uma receita de empadão de atum aqui no blog, mas esta é diferente. Aqui fica a sugestão:

1 cebola pequena
2 dentes de alho
½ curgete
5 ou 6 cogumelos naturais
1 cenoura média/grande
3 latas de atum
4 colheres de sopa de azeite
Sal e pimentão-doce a gosto
1 Colher de sopa de polpa de tomate

Uma receita de puré de batata do livro base da Bimby

100g de queijo mozarela

Começar por fazer a base. Colocar no copo da Bimby a cebola, os alhos e o azeite. Picar uns segundos na vel. 5. Programar 4 min., tem. 100, vel. 1.

Acrescentar a curgete, a cenoura e os cogumelos. Temperar com um pouco de sal e pimentão-doce e acrescentar a polpa de tomate. Picar tudo novamente na vel. 5 durante 15 seg. Programar 8 min., temp. 100, vel. 2.

Juntar o atum muito bem escorrido. Programar 5 min., temp. 100, vel. 2.

Retirar a base para um recipiente que possa ir ao forno.

Sem lavar o copo, preparar o puré de batata.

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. A meio d tempo do puré, colocar o recipiente no forno, para manter a base quente.

Depois de pronto, colocar o puré sobre a base de atum. Cobrir o puré com o queijo mozarela e levar ao forno até gratinar.

Bom apetite!

Empadão de atum

quinta-feira, 26 de Abril de 2012

Carne que todos gostam

Carne que todos gostam

Aqui vai mais uma refeição rápida e simples. Lá em casa todos gostam e é sempre bem recebida. Aqui fica a sugestão:

500g de carne de vaca picada
½ pedaço de bacon
1 tomate maduro
½ cebola
3 dentes de alho
¾ de uma lata grande (850g) de feijão preto
4 colheres de sopa de milho congelado
½ pimento vermelho
100g de queijo mozarela
Azeite e sal q.b.

Para acompanhar arroz branco e tortilhas em quartos passadas pela frigideira ou torradeira

Num tacho colocar um fio de azeite e o bacon cortado em cubos. Quando o bacon começar a alourar, juntar a cebola e os dentes de alho picados. Deixar alourar novamente.

Cortar o pimento em pedaços pequenos e juntar ao tacho, juntamente com o tomate, também partido em pedaços pequenos. Quando estiver tudo a ferver, juntar a carne, tapar cozinhar e deixar cozinhar por 10 minutos, mexendo de vez em quando. Se necessário acrescentar um pouco da água que acompanha o feijão.

Ao fim desse tempo juntar o milho e o feijão, sem escorrer, e deixar cozinhar por mais 10 minutos, mexendo uma duas vezes.

Mesmo antes de desligar o lume, colocar o queijo mozarela no tacho, envolver na carne e retirar do lume. Servir de imediato.

Bom apetite!

segunda-feira, 23 de Abril de 2012

Pão das rosas com chocolate – receita Bimby

Pão das rosas com chocolate

Hoje trago um pãozinho delicioso e que desaparece num ápice. É muito simples de fazer, apenas necessita do tão precioso tempo de levedar a massa. Não deixem de experimentar. A receita vem do blog Coco e Baunilha, a quem eu desde já agradeço. Aqui fica:

Para a massa

100ml de leite
100g de manteiga ou margarina à temperatura ambiente
2 ovos
75g de açúcar
Umas gotas de essência de baunilha
1/2 colher de chá de sal
450g de farinha T55
1 cubo de fermento fresco de padeiro
1 gema de ovo com uma colher de sopa de leite para pincelar

Para o recheio

Creme de chocolate com avelãs q.b.

Pão das rosas com chocolate

Fazer a massa

No copo colocar o leite, o sal, o açúcar, a manteiga ou margarina e a essência de baunilha. Programar 1min., temp. 37, vel 2.

Juntar os ovos e o fermento desfeito (mesmo com as mãos) e programar 10 seg., vel. 2.

Juntar a farinha e marcar 3 min., vel. Espiga. Verifificar se a massa se solta do copo. Se isso não acontecer, juntar mais um pouco de farinha e marcar mais um minuto, também em velocidade espiga. Deixar a massa levedar no copo por cerca de hora e meia.

Passado esse tempo, reitrar a massa e colocar numa superfície polvilhada de farinha.
Amassar um pouco de forma a retirar o ar. Estender a massa em forma de retângulo e espalhar por toda a superfície uma camada generosa de creme de chocolate e avelãs. Enrolar a massa como se fosse uma torta. Cortar em fatias grossas e colocar numa forma redonda, untada com margarina e polvilhada de farinha, com a parte do recheio voltada para cima (e para baixo!). Pincelar com a gema de ovo misturada com o leite.

Levar ao forno a 50.ºc, cerca de 30 minutos e depois passar para 180.ºC, cerca de 30 minutos. Verificar a cozedura e retirar do forno.

Se conseguirem, deixar arrefecer…

Bom apetite!

Pão das rosas com chocolate

sexta-feira, 20 de Abril de 2012

Bolo de línguas-de-gato

Bolo de línguas-de-gato

Com um excesso de pacotes de língua-de-gato lá em casa, resolvi começar a dar-lhes vasão. Fui à procura de uma daquelas receitas de bolos que em vez de farinha levam bolacha e adaptei uma que encontrei. Ficou um bolo fofinho e húmido, apesar de pequeno. Bom para os lanches de fim-de-semana, acompanhado de um copo de leite. Aqui fica a sugestão:

200g de línguas-de-gato
125g de chocolate em pó
125g de açúcar
1 colher de chá de fermento em pó
4 ovos
4 colheres de sopa de azeite ou óleo vegetal
200ml de leite

Começar por aquecer o forno a 180ºC. Preparar uma forma redonda, untando com margarina e polvilhando com farinha. Reservar.

Começar por triturar as bolachas, usando um robot de cozinha, ou da forma mais tradicional, dentro de um saco de plástico e passando com o rolo da massa por cima.

Colocar numa taça e misturar o chocolate em pó, o açúcar e o fermento.

Noutra taça bater bem os ovos e adicionar o óleo e o leite, batendo novamente.

Juntar o conteúdo das duas taças numa delas e bater até estar bem homogéneo. Colocar na forma e levar ao forno cerca de 40 minutos. Verificar a cozedura, retirar, deixar arrefecer por 5 minutos e desenformar.

Bom apetite!

quarta-feira, 18 de Abril de 2012

Queques de cereais - receita Nestlé

Queques de cereais - receita Nestlé

Quando recebi as caixas de cereais da Nestlé, fiquei de experimentar umas receitas que incluíssem cereais. O problema é que, ao que penso, a receita vinha com erros de tradução. E eu como nem a li duas vezes, fui acrescentando, enquanto fazia o almoço e atendia a 342 chamadas de mãe. Achei estranho uma colher de sopa de fermento em pó e ¾ de colher de sopa de bicarbonato para 100g de farinha integral. Mas o mal já estava feito e quando foram parara ao forno e vi a massa subir repentinamente, tive que abrir a porta, para não ficar com um fundo novo e cheiro a carvão durante dois meses. Resultado: a massa enqueijou (como é óbvio). Foi pena, porque de sabor estavam excelentes… seja como for, desapareceram todos! Vou colocar a receita conforme penso estar correta. Aqui fica a sugestão:

200ml de doce de maçã
100ml de leite
2 colheres de sopa de óleo vegetal ou azeite
2 claras de ovo
150g de cereais fitness, ligeiramente esmagados
100g de farinha de trigo integral
120g de açúcar mascavado
1 colher de sobremesa de canela
1 colher de sobremesa de fermento em pó
1 colher de chá de bicarbonato de soda
100g de arandos (não usei, se não as miúdas não comiam)
Açúcar em pó para polvilhar

Pré aquecer o forno a 200.ºC. Preparar 12 a 15 formas de queques com papel para receberam a massa. Reservar.

Numa taça grande misturar o leite, o óleo e as claras de ovo, até estar tudo bem ligado.

Juntar todos os restantes ingredientes, com exceção do açúcar em pó, e envolver, não muito tempo, até estar bem ligado.

Colocar a massa nas formas e levar ao forno cerca de 20 minutos.

Depois de frios, polvilhar com açúcar em pó.

Bom apetite!

Queques de cereais - receita Nestlé

segunda-feira, 16 de Abril de 2012

Charlotte de frutos vermelhos

Charlotte de frutos vermelhos

Apesar de não ser um sobremesa típica lá de casa, nem dos almoços de família, hoje trago uma sobremesa bem leve e saborosa. Foi-me dada por uma amiga, que nos tenta ”abrir” a cabeça, para mantermos uma alimentação mais saudável. O resultado foi muito bom, principalmente porque foi servida depois de um almoço pesado, e toda a gente apreciou o doce, sem ser em excesso, para rematar a refeição. Além disso, é uma excelente sugestão para dar uso às claras que estão no congelador. Obrigada S.! Aqui fica a sugestão:

150g de frutos vermelhos (usei apenas morangos)
1dl de água
100g de açúcar
1 limão
6 folhas de gelatina
200g de palitos de champagne
4 iogurtes de frutos silvestres (usei com pedaços)
5 claras
Morangos q.b. e um raminho de hortelã para decorar (opcional)

Num tacho pequeno, colocar os frutos vermelhos juntando a água, o açúcar e o sumo de limão. Levar a lume brando e deixar ferver por 5 minutos. Depois de desligar, reduzir a mistura a puré e deixar arrefecer por completo.

Numa forma de aro amovível, colocar os palitos de champanhe a toda a volta, com as pontas inferiores cortadas, de forma a assentarem bem e não caírem. Aproveitar os restos para colocar no fundo da forma.

Bater as claras em castelo com uma pitada de sal fino. Reservar.

Colocar as folhas de gelatina a demolhar em água fria por 5 minutos (colocar as folhas partidas em pedaços pequenos numa taça. Cobrir por completo com água fria.). Passado esse tempo, escorrer as folhas e colocar no micro-ondas por uns 10 segundos. Reservar.

Colocar os iogurtes numa taça e mexer ligeiramente com um garfo. Adicionar o puré de fruta e mexer bem. Juntar a gelatina derretida (passo sempre pelo passador para evitar que vá qualquer pedacinho sólido) e mexer bem.

Por fim, juntar as claras batidas, envolvendo delicadamente, sem bater, até estar um creme homogéneo. Colocar na forma reservada e levar ao frio até à hora de servir (convém pelo menos 3 a 4 horas).
Antes de ir para a mesa, tirar o aro da forma e decorar a gosto com fruta.

Bom apetite!

Charlotte de frutos vermelhos

sexta-feira, 13 de Abril de 2012

Tigelada da Beira

Tigelada da Beira

Hoje trago uma sugestão bem simples de fazer, para uma sobremesa. Já está espalhada por vários blogs, mas aqui a relembro. Uma boa tigelada, que faz lembrar um pudim. Bem fresca e leve para rematar uma refeição mais pesada. Aqui fica:

8 ovos
1 litro de leite
200g de açucar

Pré-aquecer o forno a 180.ºC.

Começar por bater muito bem os ovos, juntamente com o açúcar. Quando já estiver uma mistura esbranquiçada, juntar ao leite, aos pouco e mexendo sempre. O açúcar deve ficar totalmente dissolvido.

Colocar o preparado num tabuleiro vidrado de forno e levar a forno quente. Deixar cozinhar cerca de 1 hora ou até estar douradinho. Para uma tigelada mais “bem passada” deixar no forno por mais tempo. Deixar arrefecer com a porta do forno entre-aberta.

Bom apetite!

Tigelada da Beira

quarta-feira, 11 de Abril de 2012

Bifes de atum

Bife de atum

Esta é outra daquelas recordações, não tanto de infância, mas de fim de adolescência, quando já se começam a apreciar estes pratos mais a sério. Bife de atum de cebolada, servido em pequenos pratos de barro, com batatas fritas em rodelas. Chegavam à mesa ainda a fervilhar… mesmo em pleno Julho ou Agosto com 3º e muitos graus, era um daqueles pratos indispensáveis às férias de Verão. Hoje em dia, sempre que tenho bifes de atum lá em casa, tento fazê-los o mais parecido possível. Só não os sirvo em pratos de barro… e desta vez foram para a mesa com batatas fritas em palitos. Aqui fica a sugestão:

5 a 6 bifes de atum
2 cebolas médias
2 tomates maduros
½ pimento vermelho
4 dentes de alho
2 colheres de sopa de polpa de tomate
3 pés de coentros
Sal, sumo de limão e azeite q.b.

Num tacho largo e fundo colocar a cebola em rodelas, os alhos em fatias, o tomate em pedaços, o pimento em tiras e os pés de coentros. Regar com azeite e levar ao lume.

Quando estiver a ferver, colocar por cima as postas de atum, temperar com sal, sumo de limão e polpa de tomate. Tapar o tacho e deixar cozinhar cerca de 10 minutos. Ao fim desse tempo, virar as postas e deixar cozinhar mais uns 5 minutos.

Enquanto o atum cozinha, fritar as batatas. Servir tudo bem quente.

Bom apetite!

segunda-feira, 9 de Abril de 2012

Arroz de peixe

Arroz de peixe

Foi seguramente durante toda a minha infância o meu prato preferido. Enquanto os outros miúdos gostavam de bifes com batatas fritas e odiavam peixe, a mim, podiam-me dar arroz de peixe todos os dias que eu era uma criança feliz. Claro que eu também gostava do bife com as batatas fritas e dizia isso aos meus amigos ao mesmo que tempo que morria de vergonha e de remorsos por não assumir o meu gosto secreto por peixe diante deles. Mas um arroz de peixe feito pela minha avó, sabia-me pela vida. Hoje como muito poucas vezes, apesar de continuar a ser dos meus pratos preferidos. Mas infelizmente lá em casa continuo a única fã deste petisco. Seja como for, e como recordação de infância, aqui fica a sugestão:

4 postas de pescada
1 cebola média
3 dentes de alho
1 tomate maduro
Azeite e sal q.b.
2 colheres de sopa de polpa de tomate
Arroz suficiente para 4 pessoas (costumo fazer quantidade e meia do que uso para as doses de acompanhamento)
Pézinhos de coentros

Num tacho largo colocar a cebola e os alhos picados. Regar com um fio de azeite e levar a alourar. Juntar o tomate picado e a polpa de tomate e deixar ferver. Colocar as postas de pescada, juntar duas chávenas de água e deixar cozinhar o peixe, temperando com sal.

Quando o peixe estiver cozido, retirar com uma escumadeira para um prato. Manter o tacho ao lume com a água a ferver e juntar o arroz. Acertar o tempero e deixar cozinhar.

Enquanto isso limpar o peixe das espinhas e da pele e partir em pedaços não muito pequenos.

Quando o arroz estiver quase cozido, juntar o peixe, envolver e servir de imediato. Polvilhar com coentros picados.

Bom apetite!

quarta-feira, 4 de Abril de 2012

Rocambole - receita Bimby

Rocambole

Aqui trago mais uma possibilidade para aqueles lanches/jantares que se fazem ao fim de semana, quando a vontade de cozinhar não é muita, mas apetece uma comidinha que conforte. Muito simples e com ingredientes que há sempre lá por casa, este pãozinho fica muito aromático e saboroso. A receita está no livro de massas da Bimby. Aqui fica a sugestão:

Para a massa:
1 ovo
1 colher de chá de sal
150g de óleo (usei meio azeite, meio óleo)
200g leite
20g açúcar
600g farinha
1 cubo de fermento de padeiro fresco

Colocar no copo todos os ingredientes e programar 1 min., vel. 6. Retirar a massa para uma superfície enfarinhada e estender com um rolo em forma de retângulo. Reservar um pouco da massa para decorar o rolo. Esta parte é completamente opcional.

Para o recheio:
Orégãos secos a gosto
1 colher de sopa de azeite
200g de queijo fresco
200g de fiambre em fatias

Para a cobertuta
2 colheres de sopa de leite
Sementes de sésamo

Colocar sobre a massa as fatias de fiambre bem distribuídas e o queijo fresco em pedaços sobre o fiambre. Salpicar com orégãos e regar toda a superfície com um fio de azeite.

Enrolar a massa como uma torta. Usar a massa reservada para decorar a gosto. Pincelar a torta com leite e salpicar com sementes de sésamo. Colocar num tabuleiro de ir ao forno forrado com papel ou película de silicone.

Rocambole

Levar ao forno a 50.ºC cerca de 30 minutos. Quando tiver crescido um pouco (a minha não dobrou o volume) passar a temperatura para 180.ºC e deixar cozer cerca de 35 a 40 minutos. Comer ainda quente ou morno.

Também fica bom frio ao pequeno almoço…

Bom apetite!

Rocambole

segunda-feira, 2 de Abril de 2012

Crumble de maçã com chocolate

Crumble de maçã com chocolate

Eu sei. Sou viciada em doces e sobremesas com fruta. Crumbles estão no topo da lista e este não fica atrás. Muito simples de fazer e deliciosos de comer. Aqui fica a sugestão:

4 maçãs reineta (depende do tamanho)
Sumo de ½ limão
Canela em pó
1 ou 2 cálices de vinho do porto
3 colheres de sopa de mel
1 chávena de leite de flocos de aveia
1 chávena de leite de farinha de trigo
1 chávena de leite de açúcar amarelo
1/2 chávena de leite de pepitas de chocolate
3/4 chávena de leite de margarina derretida

Pré-aquecer o forno a 180.ºC.

Num tabuleiro colocar as maçãs bem distribuídas, descascadas, descaroçadas e cortadas em fatias finas. Regar com o sumo de limão, o vinho do Porto, e o mel. Polvilhar com canela.

Numa outra taça misturar todos os restantes ingredientes com uma colher de pau. Envolver bem até estar uma mistura homogénea. Colocar esta cobertura sobre as maçãs e levar ao forno até a maçã estar cozida.

Servir frio, quente ou morno, de preferência com uma bola de gelado.

Bom apetite!

Crumble de maçã com chocolate
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...