quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Perna de peru no forno com batata-doce

Perna de perú, depois do forno

O meu marido não é apreciador de perna de peru, a menos que não saiba a peru! Nem sempre tenho tempo para preparar pratos de véspera, mas com a perna de peru tem mesmo que ser. Na realidade, faz-se o almoço de véspera. No dia seguinte é só descascar batatas e contar com o tempo de levar ao forno.

1 Perna de perú

Tempero:
Sumo de 1 limão
Sumo de 1 laranja
4 dentes de alho
Sal
4 ou 5 pés de coentros
1 colher de chá de pimentão doce
1 colher de café de piripiri
1/3 de chouriço de carne
Azeite
1 cálice de vinho do Porto

Batatas
Batata-doce

Num copo alto ou taça colocam-se todos os ingredientes do tempero. Tritura-se tudo, sem ficar completamente líquido. Eu costumo usar a varinha mágica, mas qualquer robot de cozinha também fará o mesmo trabalho.

Coloca-se a perna de peru, com uns golpes feitos, no recipiente de ir ao forno e cobre-se por completo com o tempero preparado. Dá-se várias voltas, esfregando comas mãos de forma a espalhar por completo e envolver toda a carne. Cobrir com película aderente e levar ao frigorífico por um mínimo de 12 horas.

Perna de perú antes do forno...

Pela manhã, retirar a carne do frigorífico e dar-lhe mais umas duas ou três voltas. Contar com cerca de 1 hora e meia para o forno.

Preparar as batatas.

Descascar batatas e partir em cubos. Colocar à volta da carne e temperar com um pouco de sal grosso.

Lavar muito bem as batatas-doces (usei duas grandes) e partir em fatias finas. Regar o fundo de um tabuleiro com azeite e colocar as fatias de batata. Salpicar com um pouco de sal grosso e pimentão doce. Regar com um pouco de azeite.

Batata doce antes do forno...

Levar o tabuleiro da carne ao forno, pré-aquecido a 180/200.ºC. Passado 30 minutos colocar também o tabuleiro das batatas-doces.

Deixar assar e servir quente.

Bom apetite!

Perna de perú, depois do forno

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Bolo de mel com frutos secos - receita Bimby

Bolo de mel e frutos secos

É sem dúvida um bolo rico e muito saboroso. Muito simples de fazer e sempre uma boa solução para o lanche. A receita foi adaptada do livro Doces e Sobremesas da Bimby. Costumo fazer tal e qual como a descrevo, mas desta vez usei um mel especial que me foi oferecido por uma amiga, que já tinha incorporado os frutos secos e estava fantabulástico. Obrigada C., sabes que adoro estas coisas! Aqui fica a sugestão:

2 ovos
100g de mel
100g de frutos secos diversos partidos em pedaços pequenos
400g de leite
250g de açúcar
300g de farinha
80g de manteiga ou margarina
2 colheres de sopa de canela
1 colher de sobremesa de fermento em pó

Bolo de mel e frutos secos

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar uma forma de chaminé com margarina e polvilhar com farinha. Reservar.

Colocar no copo todos os ingredientes, com excepção da farinha e do fermento. Programar 5 min., temp. 90, vel. 3.

Juntar a farinha e o fermento e programar 15 seg., vel. 3.

Colocar a massa na forma e levar ao forno cerca de 40 minutos. Verificar a cozedura com um palito. Retirar do forno, deixar repousar uns minutos e desenformar. Depois de frio, polvilhar com açúcar em pó.

Bom apetite!

Bolo de mel... por dentro!

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Leite-creme merengado – receita Bimby

Leite creme merengado

Hoje trago uma variante ao leite-creme tradicional da Bimby. Esta versão aconteceu para não guardar mais uma caixinha de claras no congelador. Assim, com os ovos inteiros, saiu uma versão diferente, mas também muito boa de leite-creme. Aqui fica a sugestão:

1 litro de leite
6 ovos (gemas separadas das claras)
70g de farinha ou 45g de amido de milho
200g de açúcar + 6 colheres de sopa de açúcar
Casca de limão
1 Pau de canela

Juntar todos os ingredientes, com excepção das claras de ovo. Programar 12 min., temp. 90, vel. 2 e ½.

Quando estiver quase no fim do tempo, bater as claras em catselo bem firme, juntamente com as seis colheres de sopa de açúcar. Aquecer o forno a 180.º.

Terminado o tempo, retirar o pau de canela e a casca de limão e despejar de imediato para a travessa ou recipiente de servir.

Deixar arrefecer um pouco e depois colocar colheradas de claras em cima do creme. Levar a forno quente até o merengue estar dourado.

Bom apetite!

Leite creme merengado

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Folhado de atum

Folhado de atum

Cá está mais uma invenção de última hora para um jantar de semana. Abrir o frigorífico e a dispensa, ver o que está prestes a acabar a validade, o que se pode juntar e o jantar fica feito. Desta vez saiu um atum no forno com cobertura de massa folhada. Aqui fica a sugestão:

1 placa de massa folhada
3 latas de atum
200g de brócolos congelados
100g de milho congelado
3 ovos
3 colheres de sopa de maionese
100g de queijo mozarela ralado
Alho em pó, sal e cebolinho q.b.

Folhado de atum

Colocar um tacho com água ao lume para cozer os ovos, os brócolos e o milho. Colocar primeiro os ovos, temperar com sal, e, a meio da cozedura, juntar os brócolos e o milho. Não deixar cozer demasiado.

Numa taça grande colocar o atum bem escorrido. Juntar a maionese, temperar com alho em pó e juntar um pouco de cebolinho bem picado.

Escorrer os brócolos e o milho e separar os ovos para descascar. Deixar arrefecer um pouco, enquanto o forno aquece até aos 180.ºC.

Juntar os brócolos e o milho ao atum e envolver bem. Espalhar esta mistura no fundo de um tabuleiro de ir ao forno. Por cima distribuir os ovos cortados em rodelas e cobrir com o queijo ralado.

Colocar a placa de massa folhada por cima e fazer uns ligeiros vincos com uma faca. Levar ao forno. Quando a massa estiver douradinha, está pronto a servir.

Bom apetite!

Folhado de atum

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Pães de leite – receita Bimby

Pães de leite

Quem não gosta de pães-de-leite pelo lanche ou pequeno-almoço? Esta receita Bimby não os deixa especialmente fofos, ficam mais ao género do brioche. Eu, como sou fã das duas coisas, fiquei satisfeita. A receita é do livro de massas da Bimby. Aqui fica a sugestão:

250g de leite
50g de margarina
50g de açúcar
25g de fermento de padeiro fresco
1 colher de chá de sal
525g de farinha (T55)
1 gema de ovo para pincelar

Colocar todos os ingredientes no copo, com excepção da farinha e da gema de ovo e programar 1 min. e meio, temp. 37, vel. 1.

Juntar a farinha e marcar 10 seg., vel. 6. De seguida programar 2 min., vel. Espiga.

Fazer pequenas bolas, com cerca de 60g cada e colocar num tabuleiro com base anti-aderente, ou untado de margarina e polvilhado de farinha. Colocar um pano por cima e aguardar que dobre de volume (se o tempo for pouco, colocar o tabuleiro no forno, sem o pano e deixar levedar a 50.ºC cerca de 25 minutos).

Depois da massa levedada, pincelar com a gema de ovo batida com um pouco de leite.

Levar ao forno a 180.ºC, cerca de 15 a 20 minutos. Quando estiverem douradinhos, retirar e deixar arrefecer numa rede… ou comer logo!

Bom apetite!

Pães de leite

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Frango de caril

Frango de caril

Hoje trago uma das minhas maneiras preferidas de comer frango. Com caril. Só tenho pena de não poder usar o caril mais picante, uma vez que as crianças depois faziam levantamento de rancho. Lá chagará o tempo, espero eu, em que elas também irão apreciar o picantezinho com sabor a caril na boca. Aqui fica a sugestão:

1 frango inteiro partido em pedaços
1 cebola pequena
3 dentes de alho
½ lata de tomate pelado em pedaços
½ chouriço de carne
4 pés de coentros
1 lata de leite de coco
3 colheres de sopa de caril em pó
Azeite e sal q.b.

Num tacho largo, colocar a cebola picada, os alhos picados e chouriço cortado em rodelas. Regar com um fio de azeite e levar ao lume até começar a alourar. Juntar o frango e envolver no refogado.

Cobrir com o tomate e os coentros picados. Deixar cozinhar por 5 minutos. Juntar o caril em pó e o leite de coco. Envolver tudo muito bem. Quando levantar fervura verificar se necessita de acerto de sal. Deixar cozinhar por 15 minutos. Servir quente, acompanhado de arroz branco.

Bom apetite!

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Leite creme - receita Bimby

Leite creme - Bimby

Para quem tem Bimby, esta será seguramente das primeiras receitas a ser experimentada. É sem dúvida uma receita de sucesso, que nunca sai mal. Nunca tinha publicado aqui no blog, o que, por si só, seria uma grande falha! Esta versão saiu polvilhada com canela, uma das coberturas preferidas lá de casa. Aqui fica a sugestão:

1 litro de leite
6 gemas de ovo
60g de farinha ou 40g de amido de milho
200g de açúcar
Casca de limão
1 Pau de canela
Canela em pó para polvilhar

Juntar todos os ingredientes, com excepção da canela em pó. Programar 12 min., temp. 90, vel. 2 e ½.

Terminado o tempo, retirar o pau de canela e a casca de limão e despejar de imediato para a travessa ou recipiente de servir.

Depois de frio polvilhar com canela em pó.

Bom apetite!

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Bacalhau espiritual – receita Bimby

Bacalhau espiritual

Aqui está um daquelas receitas em que a Bimby facilita bastante a nossa vida. Esta não é uma versão original, uma vez que lá em casa o bacalhau quase sempre pede batatas. Por isso, a receita do bacalhau, assentou em cima de uma cama de batatas cozidas. Aqui fica a sugestão:

4 ou 5 batatas médias
500g de bacalhau demolhado
300g de cenoura
50g de azeite
100g de pão
1 chávena de leite
200g de cebola
4 dentes de alho
Pão ralado com alho (usar a Bimby para fazer)

Para o molho bechamel:
300g de leite
200g de natas
60g de farinha
60g de manteiga
Sal, pimenta e noz-moscada
Colocar um tacho com água e sal ao lume para cozer as batatas cortadas em rodelas finas.

Escorrer muito bem o bacalhau e colocar no copo da Bimby. Desfiar uns segundos na vel. 4. Retirar e reservar.

Numa taça colocar o pão e regar com o leite. Deixar demolhar. Reservar.

Sem lavar o copo, colocar o azeite e programar 3 min., temp. varoma, vel. 2. Terminado o tempo, juntar a cebola, as cenouras cortadas em rodelas e os dentes de alho. Picar 20 seg., vel. 5. Programar de seguida 15 min., temp. 100, vel. 1.

Entretanto escorrer bem o pão (costumo colocar num passador). Terminado o tempo da Bimby, juntar o bacalhau e o pão e programar 8 min., temp. 100, vel. 2, ajustando antes o tempero.

Distribuir as batatas num tabuleiro de ir ao forno e regar com um fio de azeite.

Quando o tempo da Bimby terminar, retirar o conteúdo para uma taça grande.

Pré-aquecer o forno a 180.ªc.

Sem lavar o copo, colocar todos os ingredientes do molho, com excepção das natas. Programar 3 min., tmp. 90, vel. 3. Quando o tempo terminar, marcar mais 5 min., à mesma temp. e vel., incorporando as natas pelo bucal da tampa.

Quando estiver pronto, misturar ¾ do molho com o bacalhau reservado. Colocar o bacalhau sobre as batatas e cobrir com o restante molho. Polvilhar abundantemente com pão ralado com alho e, por opção com queijo de gratinar.

Levar ao forno até dourar.

Bom apetite!

Bacalhau espiritual

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Sal de vinho tinto

Sal de vinho tinto

Hoje trago uma daquelas sugestões boas para ter sempre prontas na dispensa lá de casa, ou até mesmo para oferecer em pequenos frascos. Ideal para temperar carnes de forno, ou até mesmo para temperar febras ou costeletas quando estão a ser grelhadas ou fritas. Aqui fica:

Sal marinho - cerca de uma chávena de chá (depende da quantidade que se queira fazer
1 ou 2 colheres de sopa de vinho tinto
1 colher de sobremesa de orégãos
3 folhas de louro

Numa taça ou prato fundo colocar uma colher de sopa de vinho. Por cima colocar o sal e envolver de forma uniforme com o vinho. As pedras de sal começam logo a ganhar cor, por isso torna-se fácil verificar quando o vinho está bem absorvido. Verificar se é preciso acrescentar um pouco mais de vinho.

Durante uns dias ir mexendo com uma colher, ou agitar o recipiente de forma a secar o vinho. Quando estiver seco, misturar os orégãos e juntar as folhas de louro. Guardar em recipiente fechado.

Bom apetite!

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Croquetes – receita Bimby

Croquetes

Desde que experimentei fazer croquetes na Bimby, nunca mais comprei dos outros de supermercado. Primeiro porque são feitos lá em casa, segundo porque ficam muito mais baratos, terceiro porque passei a saber exatamente o que estou a comer. A receita rende bastante, e agora tenho sempre croquetes no congelador para uma refeição de última hora, ou apenas como petisco para os fins de semana. Quem me entusiasmou a experimentar foi a minha amiga F. do blog O Bolinho de Sábado. Aqui fica a sugestão:

500g de sobras de carne , cozinhada de qualquer forma, ou cozinhada exclusivamente para este propósito
100g de chouriço de carne (por vezes também junto farinheira)
600g de leite
200g de farinha
50g de margarina
sal e noz moscada q.b.
1 ovo para panar
pão ralado para panar q.b. (usei ralado na Bimby, e ficou com um granulado grosso)

Colocar a carne e o chouriço no copo da Bimby e programar 20seg., vel. 8. Retirar para uma taça grande e reservar.

Para o molho bechamel; sem lavar o copo da bimby juntar o leite, a farinha, a margarina, o sal e a noz-moscada. Programar 8 min., temp. 90, vel. 4.

Juntar o molho à carne reservada e envolver com uma colher, até estar uma massa uniforme. Guardar no frigorífico durante um dia, ou de um dia para o outro, para que a massa fique consistente para moldar os croquetes.

Moldar os croquetes, com a massa fria e passar por ovo batido e depois por pão ralado (costumo juntar um pouco de alho em pó ao pão ralado).

Colocar os croquetes num recipiente que possa ir ao congelador, ou num saco de plástico, bem acondicionados. Congelar.

Fritar os croquetes congelados em óleo bem quente. Isto deve acontecer para evitar que os croquetes rebentem.

Bom apetite!

Croquetes

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Tostas rápidas na Actifry

Tostas rápidas na actifry

Esta semana tenho publicado menos do que gostaria, mas infelizmente o tempo cada vez estica menos, e as coisas para fazer nascem de todos os lados. Esse foi um dos motivos do jantar que hoje trago como sugestão. Em dia de chegar tarde a casa, e com horários diferentes para todos, uma solução bem simples e rápida, que junto a uma tijela de sopa, conforta e aquece o fim do dia. Aqui fica a sugestão:

1 baguete de pão rústico
Manteiga
Queijo flamengo
Queijo mozarela
Fiambre
Alho em pó

Partir o pão em fatias com cerca de 2 cm de largura, na diagonal, para ficarem mais compridinhas. Barrar com manteiga todas as fatias. Colocar o pão na actifry, sem ficarem fatias sobrepostas. Polvilhar com alho em pó. Por cima de cada fatia de pão, colocar uma tira de fiambre e uma de queijo flamengo. Por cima por pedaços de mozarela.

Ligar a actifry 7 minutos, sem pá. Quando estiver tudo bem douradinho, está pronto a comer! É só o tempo de aquecer a sopa e por a mesa!

Bom apetite!

Tostas rápidas na actifry
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...