quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Molotof com doce de ovos

Molotof com doce de ovos

Hoje trago um clássico. (Fá, aqui fica antes de dia 15!!!!!!) Apesar de já ter publicado aqui no blog um molotof, este é ligeiramente diferente, uma vez que não lhe misturei caramelo. Eu prefiro assim, mais branquinho, mas sou suspeita, uma vez que não sou especialmente apreciadora de caramelo muito forte. No outro usei uma cobertura de leite-creme e desta vez saiu o célebre doce de ovos. O molotof tem os seus preceitos para ser cozinhado. Apesar de extremamente simples de fazer, se não seguirmos as “regras” podemos ter uma valente desilusão. Aqui fica a sugestão:

(As proporções são sempre as mesmas consoante o n.º de claras usadas)
11 claras
11 colheres de sopa de açúcar + 1 – 12 colheres
1 pitada de sal fino

Para a cobertura
A proporção também é sempre a mesma. 1 ovo para 40g de açúcar, caso se goste de mais ou menos doce de ovos!
5 ovos
200g de açúcar
Nozes ou amêndoas laminadas torradas

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar uma forma de buraco com margarina, como se fosse para um bolo, mas sem polvilhar de farinha. Reservar.

Numa taça grande colocar as claras com uma pitada de sal fino e bater até ficarem formadas em castelo. Continuar a bater e adicionar o açúcar a pouco e pouco até apresentar uma consistência de merengue bem firme.

Colocar as claras na forma com a ajuda de uma colher e bater com a forma na bancada de maneira a rebentar as bolhas de ar que se tenham eventualmente criado. Colocar no forno 11 minutos (1 minuto por cada clara). Quando terminar o tempo, desligar o forno e deixar o molotof lá dentro mais 30 minutos. NUNCA abrir a porta do forno. Terminado esse tempo, abrir a porta do forno e deixar o molotof mais uns 20 a 30minutos. Retirar e evitar mudanças súbitas de temperatura (como janelas ou portas abertas e correntes de ar).

Desenformar para um prato largo.

Para a cobertura
Colocar os ovos num recipiente que possa ir ao lume e bater muito bem com uma vara de arames. Acrescentar o açúcar e bater novamente. Levar a lume brando, mexendo sempre com a vara de arames, até começar a engrossar. Retirar do lume e do tacho onde estava a ser cozinhado, para interromper de imediato o processo de cozedura. Colocar noutro recipiente e deixar arrefecer. Quando estiver quase frio, cobrir o molotof e salpicar com as nozes partidas. Levar ao frio até servir.

Bom apetite!

Molotof com doce de ovos

21 comentários:

  1. Olá Maria João,

    que pecado ver esta delícia agora de manhã. Que fome!

    Ficou lindo e tentador.

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  2. Obrigada amiga por teres partilhado a receita antes do dia 15;)
    Vou experimentar fazer, para ver se perco o medo do molotof;)

    ResponderEliminar
  3. Ola. Esta é uma das minha sobremesas favoritas. Estou sempre a guardar claras para fazer macarrons mas acabo por gasta-las num belo molotof. Mas com molho caramelo em vez dos ovos.
    Está lindo este. Bjs

    ResponderEliminar
  4. ADORO Molooff!
    E este está com um aspeto fantástico. Não estivesse eu numa dieta (temporária) que proíbe ovos, e ia já para a cozinha fazê-lo!
    Obrigada pela dica fantástica do forno.
    Será que tem alguma dica para fazer suspiros?
    Já tentei fazer algumas vezes para os gourmets aqui da Escola, e nunca ficam estaladiços por fora. Ficam sempre moles. Deliciosos, mas moles... :(
    Aguardo a sua resposta.
    Um beijinho,
    Patrícia

    ResponderEliminar
  5. Obrigada :)

    Os suspiros devem ser cozidos em forno muito moderado e durante 50 minutos a 1 hora, dependendo do tamanho deles. E também arrefecem dentro do forno de porta fechada.

    ResponderEliminar
  6. É daquelas coisas que nunca me saem bem.
    Este si ficou lindo ,uma verdadeira tentação.
    bjs

    ResponderEliminar
  7. Este é um dos meus pudins favoritos, adoro, adoro!
    E com esse creme amarelinho, já fiquei com um ratito no estômago :(
    beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Cá em casa gostamos imenso de molotoff com doce de ovos por cima.
    O teu ficou com um aspecto bastante apelativo... Hmmm
    Beijinhos
    Belinha
    Mundo das Receitas
    http://mundodasreceitas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Era assim que a minha mãe fazia e nos ca em casa adoravamos...

    Bjs

    As Papinhas dos Babinhos

    ResponderEliminar
  10. Uma autêntica maravilha!
    Ficou com um aspecto e uma cor de dar fome!

    ResponderEliminar
  11. Uma autêntica maravilha!
    Ficou com um aspecto e uma cor de dar fome!

    ResponderEliminar
  12. Este é o meu maior pecado e esse está lindo beijinhos

    ResponderEliminar
  13. no Brasil, eu chamo de pudim de claras! o seu está divino com este creme de ovos por cima! amei

    ResponderEliminar
  14. Querida, obrigada pela aula de como se sair bem com o molotoff. Ele é sempre um bicho de sete cabeças, nunca dá muito certo....mas agora o molotoff que me aguarde....Ficou lindo. Beijinhos da Gina

    ResponderEliminar
  15. Um dos meus doces favoritos. Irresistível!

    ResponderEliminar
  16. Ai, esse molotof fez-me lembrar o que a minha tia fazia. Está lindo!

    Desde que ela faleceu, nunca mais comi um mototof tão bom e confesso que ainda não tive coragem de experimentar, pois tenho receio que não fique nem perto do dela. Mas com as tuas dicas, fiquei um pouco mais confiante. Talvez me arrisque a fazer na próxima jantarada cá em casa.

    Bjos

    ResponderEliminar
  17. Boa noite,

    O seu Molotof está lindo, fabuloso mesmo, eu diria...
    Tem uma tonalidade viva e apelativa, raramente consigo que os meus fiquem assim, mas gostava muito !! :-)

    Parabéns, as fotos estão fantásticas !

    Beijos

    www.blogdochocolate.com

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...