sexta-feira, 30 de Dezembro de 2011

Bolo de maçã com canela e erva-doce

Bolo de maçã com canela e erva doce

Este é quase um daqueles clássicos. E como um bolinho de maçã cai sempre bem, principalmente se regado a canela e erva-doce, aqui fica a sugestão:

4 maçãs médias cortadas aos bocadinhos (qualquer qualidade)
200g de açúcar amarelo
1 colher de sopa de mel
Sumo de um limão
½ cálice de vinho do Porto
4 ovos
1/2 chávena de óleo
3 chávenas de farinha
1 colher de chá de fermento
Canela e erva doce q.b.

Começar por cortar as maçãs em pedaços pequenos para uma taça. Regar com o sumo de limão e o vinho do Porto. Juntar o açúcar, o mel, a canela e a erva doce. Envolver muito bem e levar ao frigorífico cerca de 30 minutos.

Pré-aquecer o forno a 180.ºC e untar uma forma com margarina e polvilhar com farinha. Usei uma de bolo inglês, mas não achei a melhor opção. O melhor será uma forma redonda de chaminé. Reservar.

Bater os ovos juntamente com o óleo. Juntar à mistura das maçãs e envolver muito bem. Juntar a farinha e o fermento e envolver bem, sem bater.

Colocar a massa na forma e levar ao forno cerca de 40 minutos. Verificar a cozedura, retirar do forno e desenformar.

Bom apetite!

terça-feira, 27 de Dezembro de 2011

Pão-de-ló com natas batidas

Pão de Ló - receita "Branca de Neve"

Hoje trago uma sugestão para aqueles dias muito atribulados, mas onde no meio de tudo e mais alguma coisa tem que sair um bolo! Nada melhor que um daqueles preparados para bolo da Branca de Neve, que sai sempre bem. Desta vez saiu um pão-de-ló. Aqui fica a sugestão:

1 embalagem de preparado para Pão-de-ló Branca de Neve
4 ovos
2 colheres de sopa de leite
Raspa de 1 limão
1 pacote de natas
4 colheres de sopa de açúcar
Raspas de chocolate

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar uma forma redonda (usei de 24cm) com margarina e polvilhar de farinha. Reservar.

Numa taça colocar o leite, os ovos e a raspa de limão. Bater bem. Juntar o preparado para o bolo e bater até a massa estar bem fofa e fazer bolhas.

Colocar o preparado na forma e levar ao forno cerca de 30 minutos. Verificar a cozedura, retirar e desenformar. Deixar arrefecer por completo.

Depois do bolo frio, bater as natas juntamente com o açúcar até ficarem bem firmes. Cobrir o bolo e salpicar com raspas de chocolate. Mais fácil é impossível!

Bom apetite!

Pão de Ló com cobertura de natas

sexta-feira, 23 de Dezembro de 2011

Croissants com queijo e fiambre

Croissants de queijo e fiambre

Hoje trago uma sugestão muito simples e fácil de fazer para um lanchinho rápido de Inverno, (ou não!) principalmente quando há miudagem por perto. Nada que ninguém não conheça, mas não custa deixar a sugestão para os menos inspirados. Aqui fica:

1 base de massa quebrada de compra
Fatias de queijo flamengo
Fatias de fiambre
Queijo mozarella
1 gema de ovo

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Preparar um tabuleiro com tapete de silicone ou papel de ir ao forno e reservar.

Estender a massa. Com o cortador de pizza ou uma faca cortar a massa ao meio, novamente ao meio, e assim sucessivamente até o círculo ficar dividido em 16 partes iguais. Cortar as fatias de queijo e fiambre em tiras finas e colocar um pedaço de cada em cima de cada uma das partes da massa. Enrolar em forma de croissant, da parte mais larga para a mais estreita e colocar no tabuleiro. Pincelar com gema de ovo e por cima salpicar com mozarella ralada. Levar ao forno cerca de 25 minutos, ou até estarem bem douradinhos.

Bom apetite!

Croissants de queijo e fiambre

quarta-feira, 21 de Dezembro de 2011

Pudim do “chinês” com bolacha – receita Bimby

Pudim chinês com bolacha Maria

Esta receita retirei do Forum Bimby. É a receita do famoso pudim Mandarim, adaptada à Bimby e com alterações. Confesso que gosto mais do pudim Mandarim ao “natural”. Apesar de ser uma família de gulosos, achamos que ficou muito doce. Seja como for, para a próxima já escuso de estar a mexer o tacho e sai um pudim Mandarim simples na Bimby. Aqui fica a sugestão:

1 litro de leite
6 gemas de ovo
4 colheres de sopa de açúcar
2 pacotes de pudim mandarim
20 bolachas Maria
caramelo para a forma

Começar por triturar as bolachas uns segundos na vel. 6 até ficarem em farinha. Retirar e reservar.

Retirar um poço de leite para uma taça pequena e reservar. O restante leite colocar no copo, juntamente com o o açúcar. Programar 5 min., temp. 90, vel. 4.

Enquanto isso, desfazer o conteúdo das saquetas no leite reservado.

Colocar a borboleta no copo e juntar a mistura do pudim, as gemas previamente batidas e a bolacha triturada. Programar 5 min., temp. 90, vel. 2 e ½.

Untar uma forma com caramelo. Depois de pronto, colocar o pudim na forma e deixar arrefecer. Levar ao frio e desenformar na hora de servir, mantendo sempre no frigorífico. Como qualquer pudim, resulta melhor se feito de véspera.

Bom apetite!

Pudim chinês com bolacha Maria

segunda-feira, 19 de Dezembro de 2011

Coquinhos de laranja

Coquinhos de laranja

Hoje trago uns bolinhos de coco bem simples de fazer para acompanhar o café ou para um lanche mais simples. Com intenso sabor a laranja, pode ser usado para desenjoar de uma refeição mais pesada. Aqui fica a sugestão:

200g de coco ralado
160g de açúcar
4 ovos pequenos
Sumo e raspa de duas laranjas
Forminhas de papel

Pré-aquecer o forno a 180.ºC e preparar um tabuleiro com forminhas de papel (cerca de 25) pequenas.

Numa taça bater os ovos juntamente com o açúcar. Juntar a raspa das duas laranjas e o sumo de uma delas. Bater novamente. Juntar o coco ralado e envolver muito bem.

Colocar a massa com a ajuda de uma colher nas forminhas de papel e levar ao forno cerca de 15 minutos. Não deixar secar.

Quando começarem a dourar, retirar do forno e regar cada bolinho com uma colher de chá de sumo da segunda laranja. Prontos a comer!

Bom apetite!

sexta-feira, 16 de Dezembro de 2011

Bacalhau de cebolada com batatas fritas

Bacalhau de cebolada com batatas fritas

Mais um prato de bacalhau! Eu sei, ás vezes posso parecer repetitiva, mas fazer o quê? Sou fã do fiel amigo! Uma versão muito fácil e rápida. Boa para fim de semana e semana, se é que me entendem. Aqui fica:

1 embalagem de migas de bacalhau demolhadas
1 cebola grande
5 dentes de alho
100g de bacon em tiras
½ frasco de azeitonas em rodelas descaroçadas
3 ovos
1 pacote de 1kg de batatas congeladas pré-fritas ás rodelas
Azeite, sal e pimentão doce q.b.

Começar por colocar as batatas na Actifry e regar com um fio de óleo. Programar 25 minutos. Ou fritar as batatas de modo tradicional.

Colocar um tachinho com água e sal ao lume para cozer os ovos.

Numa frigideira larga colocar a cebola em rodelas e os dentes de alho em rodelas. Regar de forma generosa com azeite e deixar cozinhar. Quando a cebola estiver transparente, juntar o bacon e salpicar tudo com um pouco de pimentão doce. Deixar alourar. Juntar o bacalhau bem escorrido e envolver bem com o preparado anterior. Verificar e acertar o sal. Deixar cozinhar cerca de 5 minutos. Juntar as azeitonas e envolver.

Colocar no fundo de uma travessa de servir e cobrir com as batatas fritas. Por cima distribuir os ovos fatiados.

Bom apetite!

Bacalhau de cebolada com batatas fritas

quarta-feira, 14 de Dezembro de 2011

Farrapos

Farrapos

Estes meses de frio são um verdadeiro drama em termos calóricos. Até os doces apetecem quentes e acabados de fazer, e principalmente se forem acompanhados de uma boa bebida para aquecer as horas. O feriado foi um desses momentos certos para experimentar esta receita da minha querida amiga C., Linhas e Bolinhos. Ora aqui fica, para toda a família ajudar…

2,5 dl de água
1 pitada de sal
1 casca de limão
100g de margarina
150g de farinha
1 colher de café de fermento em pó
4 ovos
Açúcar e canela para polvilhar
Óleo para fritar

Colocar num tacho a água, coma pitada de limão, a casca de limão e a margarina. Deixar levantar fervura e retirar a casca de limão. Juntar a farinha e o fermento de uma só vez e mexer bem até formar uma bola que se separe do tacho. Deixar cozinhar, mexendo sempre 2 ou 3 minutos.

Retirar do lume e passar para uma taça para arrefecer. Quando estiver quase frio, misturar os ovos, um a um, batendo muito bem ente cada adição. Se necessário usar a batedeira.

Aquecer o óleo numa frigideira funda e fritadeira. Colocar a massa num saco de pasteleiro e depois do óleo quente, fritar a massa em tiras, como se fossem farturas. Quando estiverem douradas, retirar e envolver, ainda quentes em açúcar e canela.

Bom apetite!

Farrapos

segunda-feira, 12 de Dezembro de 2011

Bolo de iogurte com frutos secos

Bolo de iogurte com frutos secos

Um bolinho com sabor bem caseiro, para aproveitar os restinhos de frutos secos que andavam no fundo dos pacotes. Aqui fica a sugestão:

A medida usada é a do copo de iogurte

4 ovos
1 iogurte natural
3 copos de açúcar
1 copo de óleo
2 copos e meio de farinha
1 colher de chá de fermento
2 copos de frutos secos bem picados

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar uma forma de buraco com margarina e polvilhar de farinha. Reservar.

Bater muito bem os ovos juntamente com o iogurte, até obter um creme macio. Juntar o açúcar, o óleo, a farinha e o fermento e bater tudo novamente até a mistura começar a fazer bolhas.

Por fim, juntar os frutos secos bem picados e envolver na massa.

Levar ao forno pré-aquecido cerca de 40 minutos. Verificar a cozedura com um palito, retirar do forno e desenformar.

Bom apetite!

Bolo de iogurte com frutos secos

sexta-feira, 9 de Dezembro de 2011

Bombons de figos secos com amêndoa

Bombons de figos secos com amêndoa

Mais uma receita feita lá em casa, utilizando a ajuda da tupperware. Apesar de vir acompanhada de um livrinho de receitas, usei esta forma de bombons, com uma receita completamente improvisada. E que bons que ficaram. Ideais para oferecer em saquinhos ou simplesmente para acompanhar o café no fim da refeição. Aqui fica:

Para cerca de 20 bombons:

100g de chocolate de leite
100g de chocolate negro
50g de manteiga
1 colher de sopa de mel
4 figos secos picados
5 ou 6 amêndoas picadas grosseiramente

Colocar os chocolates juntamente com o mel e a margarina numa taça e levar ao micro-ondas cerca de 1 minuto. Retirar com cuidado por causa das queimaduras e envolver tudo muito bem com uma colher, até estar uma mistura de chocolate homogénea. Juntar os figos e as amêndoas e envolver de forma a ficar bem distribuídos.

Sem untar, nem molhar, colocar pequenas porções na forma, que deve estar sobre uma superfície totalmente plana. Deixar arrefecer ligeiramente e levar ao frigorífico cerca de 30 minutos. Desenformar e ficam prontos para acompanhar o café.

Bom apetite!


Bombons de figos secos com amêndoa

quarta-feira, 7 de Dezembro de 2011

Omeleta no micro-ondas com Tupperware

Omeleta no micro-ondas

Uma pessoa bastante chegada de família, que por acaso é representante/vendedora da Tupperware, sugeriu-me uma parceria, ou seja, posso utilizar os produtos Tupperware na minha cozinha, e coloco aqui a minha experiência. Cada vez que isso acontecer, no fim da receita com produtos Tupperware, estará o contacto de correio electrónico, para alguém eventualmente interessado.

A primeira experiência foi com um recipiente para fazer omeletas no micro-ondas. Eu já tinha feito aqui há anos, e confesso que não tinha gostado do resultado. Mas, as minhas mais recentes experiências com ovos simples escalfados no micro-ondas têm corrido tão bem que resolvi arriscar novamente. Não ficam com o aspecto da omeleta tradicional, mas em termos de sabor é idêntico, devendo ser consumida assim que é confeccionada, tem a vantagem de sujar pouco loiça e poder ser cozinhada sem qualquer tipo de gordura. Aqui fica uma sugestão:

2 ovos
1 fatia de presunto
4 pés de coentros
4 cogumelos frescos

No fundo do recipiente colocar os cogumelos bem lavados e laminados. Espalhar as folhas de coentros e partir a fatia de presunto em pedaços.

Numa taça, bater muito bem os ovos, temperar com um pouco de sal e pimenta e cobrir o preparado anterior. Levar ao micro-ondas 3 minutos. Servir de imediato acompanhado de uma salada.

Omeleta no micro-ondas

Bom apetite!

segunda-feira, 5 de Dezembro de 2011

"Diospirada"



Com uma dose extra de dióspiros a quererem-se estragar lá em casa, resolvi fazer doce de dióspiro. Mas como achei que o dióspiro é um fruto muito líquido, resolvi coar o recheio, reservar o sumo para beber e aproveitar a restante parte para fazer o doce. Pois estava redondamente enganada. Afinal o líquido era necessário! Mas nada se perdeu… em vez de ficar com doce de dióspiro, fiquei com uma docinha “diospirada” de tirar à faca, tal como a nossa doce marmelada. Aqui fica a sugestão:

650g de dióspiro (o meu estava bem escorrido)
125g de açúcar amarelo
125g de açúcar branco
1 pau de canela


Colocar a fruta e o açúcar no copo da Bimby e triturar uns segundos na vel. 5. Acrescentar o pau de canela e programar 25 min, vel. 1, temp. varoma, tirando o copinho e colocando o cesto sobre a tampa. Verificar a consistência.

Quando estiver pronto, colocar de imediato em frascos esterilizados, tapar e deixar arrefecer com a tampa voltada para baixo.

Bom apetite!

sexta-feira, 2 de Dezembro de 2011

Bolo rainha – receita Bimby

Bolo rainha

Ora aqui está um bolo muito apreciado lá por casa. Bom em qualquer altura do ano, mas confesso que só me lembro que ele existe quando o começo a ver espalhado pelos supermercados ou em montras de pastelaria. Pessoalmente, aprecio muito mais bolo rainha que bolo rei. Mas confesso, é um bolo a fazer quando se tem tempo. Porque entre leveda e amassa e amassa e leveda, temos que estar por casa, para lhe ir dando a volta. Mas o resultado final compensa o trabalho e a espera. A receita não tem nada de novo, está no livro de massas da Bimby. Seja como for, aqui fica:

70g de açúcar
Raspa da casca de 1 laranja
120g de leite
70g de margarina
3 gemas
1 pacote de fermento fresco
20g de sumo de laranja
30g de vinho do Porto
420g farinha com fermento (convém pesar primeiro)
1 pitada de sal
300g frutos secos (usei apenas amêndoas, nozes e avelãs)
1 gema de ovo p/ pincelar
Mel para dar brilho


Colocar o açúcar no copo, que deve estar bem seco, e pulverizar 15 seg., vel. 9.
Juntar a cascas da laranja e ralar 5 seg., vel 5.


Juntar o leite e a margarina e programar 30 seg., temp. 37, vel. 2. Depois marcar 30 seg., vel. 9.


Colocar em funcionamento na vel. 3. Adicionar, pela tampa, as gemas previamente batidas com um garfo, o fermento desfeito, o sumo de laranja e o vinho do Porto. Deixar envolver bem durante uns segundos.

Ainda na vel. 3 juntar a farinha, pouco a pouco, através do bocal e no fim a pitada de sal.
Aumentar para a vel. 9 e bater durante 30 seg.

De seguida, programar 3 min., velocidade espiga. Verificar se a massa forma uma bola que não fique agarrada às paredes do copo. No meu caso acrescentei um pouco mais de farinha e voltei a amassar em velocidade espiga, mais 2 minutos.

Deixar a massa repousar dentro do copo até levantar o copo de medida.

Quando isso acontecer, pressionar a massa com as mãos de forma que o volume baixe e se possa a programar 15 seg., vel 9.

Programar novamente 1 min., vel. espiga. Durante os últimos 15 seg. colocar pelo bocal 200g dos frutos secos.
Retirar a massa do copo para uma superfície enfarinhada (utilizei logo o tabuleiro de ir ao forno), amassar com as mãos até formar uma bola e polvilhar com farinha.

Dar a forma de uma rosca, pincelar com a gema de ovo e decorar com os frutos secos que sobraram. Acrescentar um pouco de açúcar humedecido com água ou leite.

Deixe novamente a massa dobrar de volume e de seguida colocar no forno pré-aquecido a 180º cerca de 20 min. Quando sair do forno, e ainda quente, pincelar com um pouco de mel ou geleia para dar brilho.

Bom apetite!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...