terça-feira, 31 de Maio de 2011

Batatas… com o que havia

Batatas... com o que havia!

Pode parecer estranho, mas é cada vez mais normal a frequência com que me esqueço de tirar o jantar de manhã para ficar a descongelar. Depois de quase três semanas sem ir ás compras “grandes” as opções não são imensas, e mesmo os benditos calamares já estavam esgotados no congelador!! Por isso lá saiu mais um daqueles tabuleiros de comida inventada na hora, que afinal de contas, acabam por ser sempre do agrado de todos, e garantia de um jantar sem esquisitices. Aqui fica a sugestão:

Batatas para cozer (Depende do tamanho, mas as suficientes para 4 pessoas)
1 embalagem de brócolos congelados
3 ovos
1 lata de 8 salsichas
½ pedaço de bacon
5 fatias de fiambre
150g de queijo mozarela

Descascar as batatas, cortar em rodelas finas e colocar a cozer juntamente com os ovos em água temperada com sal. Quando as batatas estiverem a meio da cozedura colocar os brócolos e deixar cozer tudo junto, com atenção para não desfazer.

Enquanto isso cortar o bacon e o fiambre em tiras muito finas. Partir as salsichas em rodelas e reservar as carnes.

Escorrer as batatas e os brócolos e colocar num recipiente de ir ao forno. Regar com um fio de azeite. Espalhar as carnes por cima e cobrir com os ovos cortados em rodelas. Cobrir o tabuleiro por completo com o queijo e levar a forno pré-aquecido cerca de 10 minutos (para o queijo derreter) e depois ligar o grill para dourar.

Bom apetite!

Batatas... com o que havia!

sexta-feira, 27 de Maio de 2011

Bolo de água

Bolo de água

O bolo de água é um daqueles bolos que me lembro de comer desde que existo! A minha avó materna, fazia e voltava a fazer vezes sem conta… esta semana apeteceu-me relembrar! É muito simples de fazer e fica tipo pão-de-ló. Hoje é o terceiro dia da sua existência, e como já sei que mais ninguém o vai comer, logo vai transformar-se num delicioso triffle de morango!!! Aqui fica:

6 ovos
8 colheres de sopa de água
3 colheres de sopa de azeite
380g de açúcar
250g de farinha
1 colher de sopa de fermento em pó

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar uma forma de chaminé com margarina e polvilhar com farinha. Reservar.

Começar por separar as gemas das claras. Bater as claras em castelo firme e reservar.

Noutra taça bater as gemas juntamente com a água. Adicionar o açúcar e o azeite e voltar a bater muito bem. Juntar a farinha juntamente com o fermento e envolver até estar bem misturado. Ir acrescentando colheradas das claras em castelo e mexer delicadamente de baixo para cima, sem bater. Quando a mistura estiver homogénea e fofa, colocar na forma e levar ao forno cerca de 35-40 minutos. Verificar a cozedura com um palito, retirar e desenformar.

Bom apetite!

quarta-feira, 25 de Maio de 2011

Filetes com maionese e mozarela

Filetes de pescada com queijo e maionese

Mais um peixinho que não levanta esquisitices na mesa lá de casa. Muito simples e rápido de fazer. E sempre é mais uma variante à refeição “peixe”, que por muito mais saudável que seja, se torna cada vez mais difícil de fazer… por todos os motivos, infelizmente! Aqui fica:

7 ou filetes de peixe (usei pescada)
Sumo de 1 limão
Sal e azeite q.b.
100g de queijo mozarela (aproximadamente meio pacote)
6 ou 7 colheres de sopa de maionese

Deixar os filetes a descongela (se for caso disso) e temperar com o sumo do limão e uma pitada de sal. Deixar a tomar sabor pelo menos 1 hora.

Enquanto isso misturar numa taça o queijo e a maionese de forma homogénea.

Passar os filetes por papel absorvente, de forma a irem o mais seco possível para o forno. Colocar num tabuleiro, regar com um fio de azeite e colocar mais uma pitada de sal. Levar ao forno pré-aquecido e deixar cozinhar, cerca de 20 minutos. Verificar se libertaram muito “líquido” (se sim, retirar o excesso) e barrar com a mistura de queijo e maionese.

Levar novamente ao forno até estar bem tostadinho. Acompanhar com batatas fritas, cozidas, ou puré de batata e salada.

segunda-feira, 23 de Maio de 2011

Salsichas grelhadas com molho de limão e mostarda

Salsichas grelahadas com molho de limão, mostarda e hortelã

Hoje trago mais uma sugestão bem simples e rápida. Muitas vezes basta mudar um outro tempero e temos um prato diferente. Foi o caso neste dia! Lá em casa gostamos bastante de salsichas frescas grelhadas. Mas não é preciso comê-las sempre da mesma maneira. Por isso desta vez, a diferença esteve no molho. Muito simples, mas bastante saboroso. Aqui fica:

Salsichas frescas
Sumo de 1 limão grande ou dois pequenos
1 colher de sopa bem cheia de mostarda
1 pitada de sal
4 ou 5 pezinhos de hortelã
1 colher de chá de pimentão doce

Colocar todos os ingredientes do molho numa taça (ou almofariz) e misturar bem, calcando bastante a hortelã. Deixar repousar meia hora. Colocar as salsichas numa grelha ou chapa quente e ir barrando com o molho preparado, por diversas vezes, enquanto se rodam de forma a ficarem grelhadas uniformemente. Acompanhei com arroz branco.

Bom apetite!

Molho de limão, mostarda e hortelã

quinta-feira, 19 de Maio de 2011

Caldo Primavera

Caldo Primavera

Se há coisa que eu gosto de comer e de fazer são estes caldos. Servem-me de jantar, são rápidos de fazer, saudáveis e coloridos. E , como qualquer sopa, a imaginação é o limite. Aqui fica a sugestão:

Água
1 peito de frango
1 curgete
1 cenoura
Cogumelos frescos
Milho congelado
1 cebola
1 alho francês
4 ou 5 folhas de couve lombardo
Azeite e sal q.b.

Colocar uma Penela média com água ao lume. Partir o peito de frango em tiras e preparar todos os restantes legumes, cortando-os em rodelas ou pedaços pequenos. Colocar tudo dentro de água, temperar com sal e deixar cozinhar até estarem cozidos. Depois de pronto regar com um fio de azeite. Muitas vezes costumo juntar um ovo para escalfar ou umas gotinhas de molho de soja. Fácil, rápido e um verdadeiro jantar!

Bom apetite!

terça-feira, 17 de Maio de 2011

Bolo rápido de maçã e iogurte – receita Bimby

Bolo rápido de maçã e iogurte

Mais um bolinho do blog “No soup for you”. O que eu gosto das receitas da Gasparzinha é que são simples, mas principalmente rendem bolos relativamente pequenos. Ideais lá para casa. Porque como a partir do terceiro dia já ninguém lhes toca, convém que desapareçam nesse período de tempo. Fica aqui um bolinho bem apetitoso e que teve aprovação garantida lá em casa.

1 maçã
50g coco ralado
1 iogurte de coco (pode ser natural)
3 ovos
1 colher de chá de canela
1 medida do copo de iogurte de azeite
2 medidas do copo deiogurte de açúcar
3 medidas do copo de iogurte de farinha
1 colher de sobremesa de fermento
1 pitada de sal fino

Pré-aquecer o forno a 180.ºC. Untar uma forma com margarina e polvilhar com farinha. Reservar.

Começar por partir a maçã em quatro pedaços e retirar o caroço. Colocar no copo e picar 5 seg. na vel. 6.

Juntar o coco, o iogurte, os ovos, a canela, o azeite e o açúcar. Programar 4 min, vel 4.

Por fim adicionar a farinha, o fermento e o sal e envolver 5 seg, na vel 3.

Colocar a massa na forma e levar ao forno cerca de 35 minutos. Verificar a cozedura, desenformar e deixar arrefecer.

Bom apetite!

quinta-feira, 12 de Maio de 2011

Granula de nozes com sultanas e chocolate preto - receita Bimby

Granula... nova versão! A pedido...

Tal como tinha dito, fiquei viciada na facilidade com que se prepara quase um quilo de granula caseira. E repeti novamente, desta vez com algumas mudanças de ingredientes. Aqui fica mais uma versão:

110g de chocolate de culinária
100g de sultanas
80g de nozes
60g de sementes de sésamo
100g de sementes de girassol
450g de flocos de aveia
60g de mel
80g de açúcar amarelo
2 colheres de chá de canela
15g de óleo de girassol
140g de doce de maçã

Começar por picar o chocolate alguns segundos na vel.6. Reservar juntamente com as sultanas.

Picar as nozes grosseiramente e reservar.

Numa taça grande juntar as nozes, as sementes de sésamo, as sementes de girassol e os flocos de aveia. Envolver bem e misturar. Reservar.

No copo da Bimby colocar o mel, a canela, o açúcar, o óleo e o doce de maçã. Misturar bem, 30 seg., vel. 6. Juntar esta mistura à mistura de sementes, flocos e nozes. Envolver muito bem, até estar tudo homogéneo.

Levar ao forno pré-aquecido a 180.ºC, cerce de 45 minutos, mexendo de 10 em dez, para a granula tostar de maneira uniforme. Quando estiver no ponto, retirar do forno e deixar arrefecer no tabuleiro. Depois de frio, misturar o chocolate e as sultanas reservadas. Guardar em recipiente hermético.

Bom apetite!

terça-feira, 10 de Maio de 2011

Arroz de bacalhau

Arroz de bacalhau

Arroz de bacalhau é um daqueles pratos que podia comer todos os dias que não me importava. Ao contrário dos miúdos do meu tempo, eu sempre adorei peixe e bacalhau. E quando era miúda um dos meus pratos de eleição era precisamente arroz de peixe. Depois conheci a versão bacalhau e ainda alimentei mais a minha paixão. Infelizmente hoje em dia, é um prato que faço muito raramente, porque o meu marido não aprecia especialmente. Além disso, como faço sempre as refeições a contar com o almoço do dia seguinte, é um prato que requentado não tem grande piada, por isso, quando sai é sempre à conta para a refeição e normalmente ao fim de semana. Mas é muito simples de fazer. Aqui fica:

400g de migas de bacalhau (já demolhadas e separadas em lascas pequenas)
Arroz suficiente para 4 pessoas
½ pimento vermelho
¼ de couve lombarda
3 colheres de sopa de polpa de tomate
½ cebola pequena
3 dentes de alho
4 ou 5 pézinhos de coentros
Azeite e sal q.b.

Começar por escaldar o bacalhau. Num tacho com água a ferver, colocar o bacalhau 3 a 4 minutos. Retirar o bacalhau e reservar a água.

Fazer o refogado com a cebola, os alhos, o pimento e a couve. Regar com azeite e deixar refogar até a cebola estar transparente. Colocar o arroz e deixar fritar 1 ou 2 minutos (lá em casa tem que ser assim, porque todos gostam do arroz bem rijinho… menos eu, que gosto de arroz carolino bem cozidinho! Mas faço-lhes a vontade!). Juntar a água do bacalhau (que deve estar bem quente/a ferver) e a polpa de tomate e esperar que levante novamente fervura. Quando o arroz estiver quase no ponto, juntar o bacalhau e envolver. Servir de imediato.

Bom apetite!

sexta-feira, 6 de Maio de 2011

Sonhos de fiambre, queijo e chourição – receita Bimby

Sonhos de queijo, fiambre e chourição

Hoje trago uma sugestão de uma Teleculinária especial robot de cozinha. A receita original é só com queijo e fiambre, mas como tinha lá chourição resolvi acrescentar. O resultado é muito bom, mas bem pesadotes. Agora que nos habituamos aos “fritos” da Actifry, comer alguma coisa frita mesmo em óleo já se torna muito estranho… O sabor fica muito bom, mas para repetir só mesmo uma vez de vez em quando, por motivos de saúde obviamente!

150g de farinha
100g de fiambre
50g de chourição
50g de queijo flamengo
40g de margarina
3 ovos grandes
1 colher de chá de fermento
250g de água
2 raminhos de salsa
Sal e óleo para fritar

Começar por colocar a água no copo, juntamente com a margarina e uma pitada de sal. Programar 10 min., temp. 100, vel. 3. Quase no fim deste tempo a água deve começar a ferver (depende da temperatura da água e da margarina). Juntar a farinha e o fermento e programar 1 min., temp. 100, vel.4.

Retirar do copo e deixar arrefecer. Sem lavar o copo, colocar o queijo, o fiambre e o chourição partidos em pedaços pequenos. Juntar também a salsa, os ovos e a massa reservada. Programar 1 min., vel. 7. Como os meus ovos não eram muito grandes, senti necessidade de juntar uma ou duas colheres de sopa de leite à massa, para não ficar tão densa.

Colocar óleo a aquecer e quando estiver quente retirar pequenas colheradas de massa e pôr a fritar. Retirar quando estiverem lourinhos e escorrer muito bem sobre papel absorvente. Deixei fritar alguns tempo demais, o que fez com que ficassem um bocadinho “ocos” por dentro. Acompanhei com arroz branco.

Bom apetite!

quarta-feira, 4 de Maio de 2011

Bolinhas de amêndoa com coco

Bolinhas de amêndoa e coco

Como já deu para perceber por diversas vezes, lá em casa somos bastante apreciadores de coco. Volta não volta, lá vem um docinho com coco. Principalmente quando o tempo é curto e é necessário preparar um docinho para acompanhar o café. Esta receitinha vem do blog “Receitas da Barida”, que comecei a acompanhar recentemente, mas do qual já sou fã! Aqui fica:

160g de amêndoas peladas e moídas (usei a Bimby)
90g de açúcar
1 gema de ovo
½ pacote de natas
100g de coco ralado

Começar por bater a gema, juntamente com as natas (bater com um garfo numa taça grande). Juntar a amêndoa em pó e o coco ralado e envolver até estar uma massa homogénea e moldável. Fazer pequenas bolinhas com as mãos, passar por açúcar branco e colocar em forminhas de papel frisado. Levar ao frigorífico até à hora de servir. Rendeu 28 bolinhas.

Bom apetite!

Bolinhas de amêndoa e coco

segunda-feira, 2 de Maio de 2011

Tagliatelle com frango e brócolos

Tagliatelle com frango e bróculos

Trago mais uma sugestão que tem sempre grande saída lá por casa. Por incrível que pareça toda a gente gosta de brócolos, o que é um grande alívio na hora de ir para a mesa. As horas de comer estão cada vez mais problemáticas, com as esquisitices da mais nova, que ou é impressão minha, ou estão cada vez mais acentuadas. Mas os brócolos são em definitivo um legume consensual… haja algum! Além disso, é um prato bastante saudável para as miúdas e muito simples de fazer. Aqui fica:

Tagliatelle para 4 pessoas (eu faço sempre mais…)
3 peitos de frango
1 pacote de brócolos congelados
Azeitonas pretas q.b.
1 limão
Sal e azeite q.b.
3 dentes de alho

Cortar os peitos de frango em tiras grossas. Temperar com o sumo do limão e sal. Deixar marinar pelo menos 15 minutos.

Colocar um tacho com água e sal ao lume. Quando começar a ferver, juntar o tagliatelle. Ao fim de 5 minutos, juntar os brócolos. Quando a massa estiver cozida, os brócolos também estarão.

Ao mesmo tempo colocar 5 ou 6 colheres de sopa de azeite numa frigideira e levar ao lume. Quando estiver bem quente colocar os peitos de frango a fritar e juntar os dentes de alho esmagados com uma colher de pau. Deixar alourar bem de um lado, e depois virar e deixar alourar novamente.

Escorrer muito bem a massa e os brócolos. Colocar numa taça grande e juntar os pedaços de peito de frango, retirando os dentes de alho. Juntar as azeitonas e envolver delicadamente.

Bom apetite!

Tagliatelle com frango e bróculos
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...