domingo, 28 de Setembro de 2008

Legumes salteados com caril

Legumes salteados com caril

Porque fazer dieta não é sinónimo de comer mal e muito menos de não comer, aqui fica uma sugestão para acompanhamento de qualquer carne grelhada... ou de outra coisa qualquer! Na minha mudança de hábitos alimentares tenho experimentado algumas coisas, umas com mais sucesso que outras, e esta foi sem dúvida uma das minhas experiências preferidas para acompanhamentos. E com a brincadeira já foram 6 kg!!! Aqui fica:

Para 2 pessoas:
1/4 de couve lombarda
2 cenouras raladas
1/2 alho francês
2 colheres de sopa de passas brancas descaroçadas
1 colher de sopa de azeite
1 colher de sobremesa de caril em pó
sal q.b.
1 dente de alho
1 chávena de chá de leite magro

Depois de ter os legumes todos cortados muito finos, colocar numa frigideira o azeite e o alho. Deixar aquecer e alourar o alho. Colocar todos os legumes a saltear e temperar com um pouco de sal. Quando os legumes estiverem cozinhados, mas ainda durinhos, misturar o leite, onde previamente se dissolveu o caril, e as passas. Envolver bem e deixar apurar 3 ou 4 minutos.

Bom apetite!

sábado, 27 de Setembro de 2008

Triffle de pêssego

Triffle de pêssego

Não vou colocar novamente a receita porque já está num post anterior. Fica aqui apenas a sugestão para utilizar outra fruta. Tudo começou a partir de um bolo que ficou incrivelmente mal (sim, que a mim as coisas também me correm mal muitas vezes!!!!). Por sugestão do meu marido, que percebi logo não iria voltar a tocar no bolo, transformei-o num triffle de pêssego. É uma fruta fácil de arranjar, uma vez que a época dos morangos já passou. Aqui fica a sugestão. Ah! Como é evidente deve-se aproveitar a calda do pêssego!

Bom apetite!

sexta-feira, 26 de Setembro de 2008

Feijoada

Feijoada

Aqui fica para dar as boas vindas ao Outono uma bela feijoada. Tenho que ser sincera e confessar que como feijoada durante todo o ano, mesmo no Verão. É uma coisa que não me incomoda nada. Se gosto de comer, como quando me apetesse e pronto! Já me chegam aqueles alimentos pelos quais tenho que esperar pela época (castanhas, diospiros, morangos... e por aí fora!). Há mil e uma maneiras de fazer feijoada. Eu costumo fazer assim... e eles gostam! Aqui fica:

Para 7 adultos
2 farinheiras
750g de entremeada
2 chouriços de qualidades diferentes
1 pedaço de toucinho fumado
3 latas (das grandes) de feijão encarnado
1 couve lombarda pequena
cebola q.b.
alho q.b.
arroz q.b.

Começar por cortar os chouriços, o toucinho e preparar a carne. Cortar a couve em fatias finas e lavar bem. Cozer as farinheiras (antes de as cozer espetá-las com um garfo para não rebentarem) e reservar a água para cozer o arroz. Grelhar os pedaços de entremeada. Numa panela grande fazer um pequeno refogado com alho e cebola picados. Deixar alourar e juntar os chouriços e o toucinho. Deixar cozinhar. Juntar a couve e a carne grelhada. Tapar e deixar cozinhar cerca de 15 min. Se necessário acrescentar um pouco da água de cozer a farinheira. Por fim juntar o feijão, sem escorrer e deixar cozinhar mais 15 a 20 minutos em lume brando. Ir envolvendo com cuidado para não desfazer o feijão. Enquanto isso cozer o arroz. Colocar a farinheira por cima da feijoada. Servir tudo ainda bem quente. Bom apetite!

terça-feira, 23 de Setembro de 2008

8 anos de NÓS

8 anos de NÓS - o meu bouquet... está sempre ali no meu móvel...

Hoje o que me traz por aqui é um assunto totalmente diferente!! Hoje é o meu aniversário de casamento. É verdade! O tempo tem passado a correr! 8 anos!! No percurso tantas alegrias, algumas tristezas, tantos problemas que nos têem afectado! Mas o balanço é muito positivo. Em oito anos pusemos dois novos seres maravilhosos no mundo. "Só" por isso vale a pena! Por isso e por tudo o resto... o melhor para NÓS!!

Este foi o meu bouquet! Ainda o guardo religiosamente... se algum dia alguma das minhas filhas o quiser usar... quem sabe, também para elas serem felizes!!

quinta-feira, 11 de Setembro de 2008

Bifes de perú enrolados com queijo e fiambre

Bifinhos de perú enrolados com queijo e fiambre

Como é evidente esta não tem nada que saber! Estava eu a olhar para os bifitos e a pensar que podia fazer alguma coisa diferente com eles... mas tinha que ser rápido (para variar!) e fácil. Abri o frigorífico e como tenho sempre queijo e fiambre em casa, pensei logo que era a escolha acertada para variar dos bifes normais. É evidente que pode ter dezenas de variações, principalmente a nível de temperos, mas tinha mesmo que ser rápido, por isso saiu assim... Aqui fica:

Bifes de perú
O mesmo nº de fatias de queijo flamengo
O mesmo nº de fatias de fiambre

Esticar os bifes de perú, bem direitinhos e temperá-los com um bocadinho de sal e sumo de limão. Por cima colocar uma fatia de fiambre. Por cima do fiambre colocar uma fatia de queijo. Enrolar os bifes e prendê-los com palitos (ficava mais bonito com guita de cozinha, mas com palitos é mais rápido!). Fritar os bifes rodando-os com frequência para cozinharem bem por dentro. Acompanhei com esparguete salteado com alho.

Bom apetite!

quarta-feira, 10 de Setembro de 2008

Costeletas à salsicheiro

Costeletas à salsicheiro

A tarte de côco foi a sobremesa... aqui fica o que servi para o jantar: costeletas à salsicheiro. Também é um prato rápido de preparar e muito apreciado cá por casa. Costumo fazer as contas a 2 costeletas por adulto e no fim somo sempre mais 2 ou 3, dependendo do tamanho. Aqui fica:

10 costeletas de porco - usei do lombo
1 lata de 8 salsichas
1/2 frasco de pickles
1 limão
alho q.b.

Temperar as costeletas umas horas antes com o sumo de 1 limão, uns 5 ou 6 dentes de alho, um pouco de vinho branco, sal e 2 folhas de louro. Colocar no frigorífico. Na hora de cozinhar, colocar ao lume uma frigideira com margarina, 1/2 caldo de carne e um fio de azeite (para a margarina não queimar). Fritar todas as costeletas e colocá-las numa taça ou travessa funda que possa levar o molho. Enquanto isso cortar as salsichas ás rodelas e os pickles em pedaços pequenos. No fim das costeletas estarem fritas, colocar na mesma frigideira, de forma a aproveitar a mesma gordura, as salsichas e os pickles. Quando começarem a alourar juntar o molho resultante do tempero das costeletas e deixar cozinhar 3 a 5 minutos. Cobrir as costeletas com esta mistura. Servi com arroz branco e salada.

Bom apetite!

terça-feira, 9 de Setembro de 2008

Tarte de côco

Tarte de côco

O meu marido adora doces com côco. Como tinha convidados para o jantar, juntei o útil ao agradável e fiz esta tarte de côco. Toda a gente gostou. É mesmo muito fácil e rápida de fazer e fica com uma óptima apresentação. Aqui fica:

1 base de tarte de massa folhada
1 lata de leite condensado
7 ovos
200g de côco
açucar em pó para polvilhar (opcional)

Estender a base numa tarteira e picar o fundo com um garfo. Reservar. Ligar o forno a 180º. Bater muito bem os ovos inteiros. Misturar o leite condensado. No fim juntar o côco e envolver completamente no creme. Deitar sobre a base da tarte e levar ao forno cerca de 30 min. ou até estar dourada. Depois de arrefecer polvilhar com açucar em pó.

Bom apetite!

segunda-feira, 8 de Setembro de 2008

Bolo de iogurte e maçã

Bolo de iogurte e maçã

Esta receita foi daquelas que assim que a vi sabia que tinha a cara cá de casa!! A receita foi colocada pela Winnie Petiscos! Esta não consegui resistir e fiz logo no fim de semana seguinte... mas tenho imensas receitas do blog da Winnie para experimentar!! A vantagem deste bolo, não para mim porque gosto muito de bolo de maçã com bocados de maçã, mas para as crianças, é o facto da maçã ser ralada e não se dar por ela. Aqui fica:

1 iogurte natural
2 chávenas de açucar
1/2 chávena de óleo
3 maçãs vermelhas
3 ovos
3 chávenas de farinha
1 colher de sobremesa de fermento
sumo de 1 limão

Misturar a farinha com o fermento. Bater os ovos com o açucar até ficar uma mistura fofa. Juntar o iogurte natural e continuar a bater. Juntar o óleo e misturar bem. Juntar a farinha com o fermento. Bater bem. Entretanto descascar as maçãs e ralá-as e regá-las com o sumo de limão para não ficarem escuras. Juntar as maçãs à massa e mexer. Levar ao forno médio, numa forma untada e polvilhada de farinha. O meu ficou um bocadinho a mais no forno, mas nem assim ficou seco!!! É mesmo muito bom!

Bom apetite!

Bolo de iogurte e maçã...


sexta-feira, 5 de Setembro de 2008

Conquilhas... um dos sabores de férias!

Conquilhas... sabem a férias!!!

Esta é daquelas coisas que não tem nada que saber, mas que sabe tãaaaaooooo bem!!!! Aqui fica:

conquilhas - muitas de preferência!!
1 limão
1 ramo de coentros
uma cabeça de alhos
azeite q.b.

Cobrir o fundo de uma frigideira, ou de um tacho (depende da quantidade) com azeite. Ligar o lume e colocar os dentes de alho esmagados, com casca. Quando o alho começar a fritar despejar as conquilhas, regá-las com o limão. Cobrir com os coentros. Rectificar de sal se for necessário. Tapar. Deixar cozinhar 2 ou 3 minutos, destapar e envolver as conquilhas no molho. Estão prontas quando estiverem abertas.
Bom apetite!

terça-feira, 2 de Setembro de 2008

Como transformar um iogurte natural num lanche fantástico

Como transformar um iogurte natural num lanche fantástico ;))

Agora que estou de regime (sou só eu mesmo, porque cá em casa continuam todos a comer muito bem!!!!!!) tenho tentado melhorar aquelas coisas que à partida parecem... digamos... menos apetitosas!! É o caso do iogurte natural! Li e reli o livro "YOU A SUA DIETA" dos Drs. Michael Roizen e Mehmet C. Oz (o famoso médico da Oprah) e fiquei completamente fã! O que é facto é que pondo em prática as suas sugestões e sem grandes sacrifícios já perdi 4 kg. Vou no bom caminho, mas isto ainda é só o acesso à auto-estrada que quero percorrer!! Aqui fica uma sugestão para quem quiser aproveitar...

1 iogurte natural
1 colher de sobremesa de passas
1 colher de sobremesa de amêndoas em lascas
canela a gosto

É só misturar tudo e polvilhar com muita canela!!! Depois de tirar a foto acrescentei mais canela...

Bom apetite!

segunda-feira, 1 de Setembro de 2008

Folhadão de bacalhau com legumes

Folhadão de bacalhau com legumes

Este é um dos pratos mágicos cá de casa... passo a explicar: com estes folhadões as crianças comem tudo o que é legumes sem pestanejar!!! A mais velha come sempre todos e quaisquer legumes, mas a mais nova faz qualquer rodela de cenoura parecer o monstro do Loch Ness!! Com estes folhadões, independentemente do recheio, come tudo... Desta vez aventurei-me num folhadão de bacalhau. Aqui fica:

1 embalagem de massa folhada (2 placas)
1 embalagem de migas de bacalhau
1/2 pacote de milho congelado (dos pequenos)
1 alho francês
1 chávena de chá de rebentos de soja
1 chávena de chá de cenoura ralada
1 chávena de chá de batata palha
3 ovos - 2 para cozer e um para pincelar a massa
cebola e alho q.b.
azeitonas q.b.

Folhadão de bacalhau com legumes

Num tacho fazer um pequeno refogado com azeite, alho e cebola. Deixar alourar. Juntar o bacalhau, já demolhado e limpo de espinhas. Deixar fritar. Juntar o milho, o alho francês cortado em rodelas finas, os rebentos de soja e a cenoura. Temperar com sal e pimenta. Tapar e deixar cozinhar. Noutro tacho cozer os dois ovos. Enquanto isso esticar as placas de massa folhada com o rolo de cozinha e a ajuda de farinha. Forrar um tabuleiro que possa ir ao forno com uma folha de papel vegetal e colocar por cima uma das placas de massa folhada, já esticada. Picar o fundo com um garfo. Depois do recheio estar pronto colocar sobre a massa que está no tabuleiro. Cobrir o recheio com os ovos cozidos cortados ás rodelas, com a batata palha e com azeitonas. Colocar a outra placa de massa por cima, pincelar com a gema de ovo batida com um pouco de leite e levar ao forno para a massa cozer cerca de 25 min.

Nota: Convém escorrer bem o recheio antes de o pôr sobre a massa.

Bom apetite!

Folhadão de bacalhau com legumes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...